Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O AC Milan ainda lidera o campeonato italiano com os mesmos pontos do Nápoles (32), mas além de não estar a fazer uma grande fase de grupos da Liga dos Campeões, apresentava-se na noite desta quarta-feira no Wanda Metropolitano para defrontar o Atlético Madrid após uma má senda de jogos. Há três encontros que a equipa milanesa, orientada por Stefano Pioli, não vencia, mesmo que tenha sido uma trilogia de jogos complicados (FC Porto, Inter e Fiorentina).

Sem vitórias e apenas com dois pontos, o jogo na capital espanhola afigurava-se decisivo para os italianos, mas também obviamente complicado e com resultados futuros a dependerem também do que poderia vir a acontecer em Anfield, no Liverpool-FC Porto, e na última jornada.

Com três pontos de avanço para com o adversário desta noite, o Atlético Madrid de Diego Simeone, sem João Félix, dependia apenas de si para continuar na Europa, mas estava também com o ouvido em Anfield, à espera de um mau resultado dos dragões.

Ainda com Rafael Leão e Zlatan Ibrahimovic no banco da equipa de Milão, os dois conjuntos protagonizaram uma primeira parte bastante intensa frente a um estádio cheio pronto a reagir a tudo o que era lance, fosse a favor ou contra o seu Atleti. Mas o AC Milan até apareceu personalizado e causou frisson junto da defesa colchonera, de Oblak e causando calafrios aos adeptos madrilenos. O Atlético Madrid respondeu e rapidamente o jogo se tornou numa espécie de parada e resposta entre as duas equipas, mas sempre com algum ascendente dos milaneses na posse de bola.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Sempre nesta toada, de maior controlo do esférico por parte da equipa italiana, o jogo parecia destinado a um 0-0. Contudo, já em cima do final do encontro, um cruzamento de Kessie encontrou o avançado Junior Messias, que saltou do banco para cabecear para a vitória do AC Milan no seu jogo de estreia na Champions, num campo sempre muito complicado para se conseguirem bons resultados, ou não fosse também o Atleti o atual campeão espanhol.

As consequências deste resultado?excluído AC Milan volta à luta pela Liga dos Campeões e vai estar novamente com muita atenção, não só ao seu jogo contra o Liverpool na última jornada, mas também ao Estádio do Dragão, onde o FC Porto recebe o Atlético Madrid. Com os ingleses apurados, todos os restantes podem ainda seguir em frente na liga milionária e se o AC Milan vai dar tudo por tudo para desfeitear o Liverpool e conseguir aquilo em que já muito poucos acreditavam, o Atlético Madrid também vai ao Estádio do Dragão para causar estragos. Têm palavra os jogadores e está avisada a equipa de Sérgio Conceição.