Apenas 27% dos profissionais de saúde em África estão vacinados contra a Covid-19, segundo um levantamento feito junto de 25 países africanos, disse Matshidiso Moeti, diretora regional para África da Organização Mundial de Saúde (OMS/África), em conferência de imprensa.

Por oposição, entre os 22 países de mais alto rendimento, 80% dos profissionais de saúde e dos lares estão vacinados.

A diretora regional da OMS/África lembra que a maioria dos países em África já têm profissionais de saúde a menos para a população que têm de servir — em 16 países há menos de um profissional de saúde por cada 1.000 habitantes — , daí que cada profissional afastado por doença agrava ainda mais as dificuldades dos serviços de saúde.

A menos que os nossos médicos, enfermeiros e outros trabalhadores da linha da frente obtenham proteção total, arriscamo-nos a um revés nos esforços para travar esta doença. Temos de garantir que as nossas instalações de saúde são ambientes de trabalho seguros”, diz Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS/África.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.