José Manuel Pureza, que foi novamente indicado pela distrital de Coimbra como candidato a deputado pelo Bloco de Esquerda, assegura que o partido vai ser novamente claro a pedir um acordo escrito para suportar um Governo do Partido Socialista, mas diz que a esquerda precisa de “mais força para ir além do programa do PS”. Com criticas à direita “engalfinhada”, o deputado e vice-presidente da Assembleia da República atira com o “regresso do passismo” e diz estar “absolutissimamente” confiante numa maioria parlamentar à esquerda.

[Ouça aqui o “Sofá do Parlamento” e a entrevista a José Manuel Pureza]

BE no governo? “Só substancialmente mais fortes”

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.