Um menino chamado Azka esteve preso durante dois dias nos destroços causados pelo terramoto que abalou a Indonésia na segunda-feira. A criança foi resgatada esta quarta-feira em Cianjur, de acordo com informações partilhadas pelas autoridades regionais. Os relatos divergem em relação à idade de Azka, mas a criança terá entre quatro a cinco anos.

Segundo a informação divulgada pelas agências de notícias, Azka sobreviveu porque terá sido protegido por um colchão. Nas imagens divulgadas, Azka sai ileso, aparentando estar consciente e bastante calmo. A mãe de Azka não sobreviveu aos ferimentos causados pelo terramoto.

Salman Alfarisi, familiar de Azka, disse que Azka “está bem, não está ferido” e que “só está fraco porque tem fome”, em declarações citadas pelo Guardian. 

Na segunda-feira, um sismo de magnitude 5.6 na escala de Richter abalou Cianjur, na Indonésia. A contagem mais recente dá conta de 271 mortos e as autoridades estão numa corrida contra o tempo para tentar resgatar mais sobreviventes. Neste momento, há pelo menos 40 desaparecidos.

Além do terramoto, estão também a ser registados períodos de chuva intensa, o que pode contribuir para derrocadas, algo que preocupa as equipas de regate. Há cerca de seis mil pessoas envolvidas nestes trabalhos de resgate, de acordo com os números partilhados pelas autoridades.

Sismo na Indonésia. 162 mortos, mais de 700 feridos e treze mil pessoas desalojadas

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR