A Polónia avançou esta quarta-feira com a candidatura aos Jogos Olímpicos de 2036, com o presidente Andrej Duda a oficializar a pretensão durante o Congresso Europeu do Desporto e do Turismo, que decorre em Zakopane, no sul do país.

Gostaria de anunciar que, após consultas com a liderança do Comité Olímpico polaco, com o Ministério dos Desportos e com o governo, é a nossa ambição e a nossa intenção esforçar-nos por acolher os Jogos Olímpicos de Verão no nosso país, em 2036″, declarou o governante.

Durante a intervenção, Duda realçou como a Polónia e a Ucrânia organizaram com sucesso o Campeonato Europeu de Futebol de 2012, bem como a terceira edição dos Jogos Europeus, realizados entre junho e julho deste ano entre Cracóvia e Malopolska.

O presidente sublinhou que, até lá, a Polónia “estará 100% preparada” em termos de infraestruturas, uma vez que terão sido concluídos o projeto do macroaeroporto de Varsóvia, conhecido como “Porto Central de Comunicações”, e 3.000 quilómetros adicionais de autoestradas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Teremos um aeroporto grande e supermoderno com uma rede de ligações ferroviárias”, afirmou, manifestando a esperança de que os 13 anos até 2036 sejam suficientes para cumprir os requisitos necessários não só em termos de infraestruturas, mas também no campo dos desportos.

Duda revelou ainda que, nos próximos dias, vai enviar uma carta dirigida ao presidente do Comité Olímpico Internacional (COI) e que está envolvido pessoalmente no projeto: “Prometo que estarei pessoalmente empenhado em garantir que tenhamos a oportunidade de realizar os Jogos Olímpicos de Verão”.

Até agora existem três candidaturas para sediar os Jogos Olímpicos de 2036, nomeadamente, do México, da Indonésia e da Turquia.

Há também propostas para celebrá-los no Egito, Canadá, Coreia do Sul, China, Índia, Qatar, Hungria, Itália, Dinamarca e um projeto de organização conjunta entre Alemanha e Israel no centenário dos Jogos de Berlim de 1936.