A expressão facial de cólera foi a mais exibida durante os 48 jogos já disputados no Euro2024 de futebol, de acordo com um estudo apresentado este domingo pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), no Porto.

Tal como tinham revelado estudos idênticos efetuado pelo FEELab, a expressão de cólera voltou a ser a mais frequente (7/10) durante as partidas do Europeu, quando faltam apenas disputar os encontros das meias-finais e a final.

A cólera também já tinha sido a emoção mais notada nos Mundiais de 2010, 2014, 2018 e 2022, assim como nos Europeus de 2012, 2016 e 2020.

Depois desta, no Euro2024, as expressões faciais mais comuns foram a de alegria e de tristeza, mas o padrão diversificou-se entre dor, surpresa, desprezo, aversão e medo, com base na análise das imagens com recurso a tecnologia de reconhecimento automático e em tempo real.

O objetivo do estudo ‘A neuropsicofisiologia da expressão facial da emoção: estudo de caso com jogadores no Campeonato da Europa de futebol de 2024’, foi verificar a frequência e a intensidade da expressão facial em jogadores provenientes de países e grupos étnicos diferenciados em contexto de competição.

Os registos da seleção portuguesa, que foi eliminada no sábado nos quartos de final, ao perder com a França no desempate por grandes penalidades (após 0-0 no fim do prolongamento), não se desviam do padrão das restantes equipas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR