António Botto: o fim "surdo e pobre" em Copacabana /premium

Quando há 60 anos os jornais brasileiros noticiaram a morte de António Botto, falaram no fim triste de um dos grandes das letras portuguesas. Um reconhecimento que ainda hoje tarda em chegar.

Por Rita Cipriano