Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Em 1910, com a Instauração da República, a família real foi, além de deposta, enviada para o exílio. A Lei do Banimento impedia a presença dos descendentes da Casa de Bragança em território português para sempre. Em 1834, já os descendentes de D. Miguel tinham recebido o mesmo tratamento, castigados por perder a Guerra Civil.

Hoje, o pretendente ao trono de Portugal, D. Duarte Pio, mora em Portugal. O direito foi garantido por obra, mais do que do pai — D. Duarte Nuno — de uma tia paterna: D. Filipa. Ainda com a Lei do Banimento em vigor (só seria revogada em 1950) D. Filipa viria a Portugal em visitas de meses, sempre com o acordo tácito ou explícito do regime.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.