Dark Mode 73,8 kWh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Esta jornalista testou as dietas dos famosos e conta como foi

Dos ovos crus de Marilyn Monroe às algas de Madonna, Rebecca Harrington, jornalista da New York Magazine, experimentou 16 dietas dos famosos. Não só sobreviveu como contou a experiência ao Observador.

Claras de ovos ao pequeno-almoço, fatias de peru com alcaparras ao almoço e pepinos com vinagre e limão entre as refeições. Este é o plano alimentar que fez Beyoncé perder quase 30 quilos em três meses e que levou Rebecca Harrington, jornalista do The Cut e da New York Magazine, a perder cinco quilos em dez dias. Tudo começou como uma brincadeira mas acabou retratado no livro Eu Experimentei as Dietas dos Famosos e Sobrevivi onde Rebecca Harrington partilha — com muito sarcasmo e ironia à mistura — a sua experiência com os regimes alimentares excêntricos de 16 celebridades diferentes.

Dos ovos crus batidos com leite morno de Marilyn Monroe às dez latas de Coca-Cola Light diárias de Karl Lagerfeld, passando pelas panquecas de sésamo veganas de Gwyneth Paltrow, a jornalista de lifestyle sobreviveu (por pouco) para falar com o Observador sobre a sua aventura dietética.

04805

O livro foi publicado pela Porto Editora e custa 14,40€.

Porque é que começou a experimentar as dietas dos famosos?
Eu sempre me interessei por dietas porque é impossível ser-se mulher e nunca pensar que precisamos de fazer dieta. Em 2011, um amigo enviou-me um site muito engraçado com a dieta de William Howard Taft, o presidente americano mais gordo de sempre: peixe cozido ao pequeno-almoço, borrego ao jantar e biscoitos glutinosos entre as refeições. Achei tão estranho que tive de experimentar e percebi que ele perdeu muito peso porque tudo o que comia era horrível. A partir daí, tentei compreender o que os famosos comem e porquê. Comprei o livro de dietas de Elizabeth Taylor e testei o seu plano alimentar que misturava requeijão e natas ácidas, e ainda incluía bife com manteiga de amendoim, que é repugnante. Depois comecei a escrever artigos com as experiências para a New York Magazine.

Sempre que estava de dieta emagrecia ou nem por isso?
Nem sempre. Quando experimentei a dieta da Beyoncé, sobrevivi e ainda perdi cinco quilos. Ela treina duas horas por dia e faz um Master Cleanse em que bebe apenas limonada com xarope de acér escuro e pimenta-de-caiena nove vezes por dia. Já na dieta da Greta Garbo perdi quase dois quilos e parecia doente. No fim das dietas, acabava sempre por recuperar o peso assim que comia uma fatia de pizza.

Beyoncé Knowles. © Getty Images

Getty Images

Ora bem, eu não sou nenhum bebé. Já comi manteiga de amendoim com bife sem me queixar. Bebi ovos crus com leite durante vários dias. Até comi queijo de tofu. No entanto, quando abro o forno para tirar o pão de aipo, começo aos vómitos. (Eu Experimentei as Dietas dos Famosos e Sobrevivi, p.81)

Qual foi a melhor dieta que já experimentou?
Foi, sem dúvida, a da Gwyneth Paltrow porque é muito fácil e a comida é muito boa. Ainda faço muitas das receitas que aprendi e hoje encomendei o novo livro de culinária dela. Mas é preciso ser um milionário para só comer peixe assado com sal, tacos com molho chipotle e panquecas de sésamo veganas.

E a pior?
A da Greta Garbo. O pão que mistura puré de aipo, frutos secos e leite ainda me causa arrepios.

Durante quanto tempo experimentou cada dieta alimentar?
Eu decidi que ia seguir cada dieta durante dez dias, exceto aquelas que eram uma tortura. Quando experimentei a dieta da Victoria Beckham — só podemos comer o equivalente a cinco mãos de comida por dia — estava faminta e desisti ao terceiro dia.

"Há uma pressão enorme no mundo das celebridades e acho que eles fazem a comida o menos apetitosa possível para não caírem na tentação de comer mesmo que estejam a morrer de fome."

Na sua opinião, porque é que as celebridades seguem planos alimentares tão rígidos?
Porque são obrigados. [Risos] No caso do Karl Lagerfeld, por exemplo, quem é que vive à base de saquetas de proteína e de dez latas de Coca-Cola Light? O regime alimentar é tão rígido para que ele não possa desistir. Depois lançam livros de culinária e os seus hábitos alimentares acabam também por fazer parte da fama. Ser famoso é ter de ser saudável.

Karl Lagerfeld. © Getty Images

AFP/Getty Images

Esta noite, ao jantar, ia fazer bife e colocá-lo em cima de uma fatia de pão barrada com manteiga de amendoim. Apesar de ter tanta fome que seria capaz de comer a minha própria mão, não consigo enfrentar esta mistela. (Eu Experimentei as Dietas dos Famosos e Sobrevivi, p.32)

Considera que as dietas evoluíram ao longo do tempo?
Sem dúvida. Os alimentos saudáveis do início do século XX não são os alimentos saudáveis do século XXI. As receitas da dieta de Greta Garbo de 1930 e 1951 eram aterrorizadoras. Hoje ninguém acredita que a levedura de cerveja, melaço e gérmen de trigo nos vão fazer viver até aos 100 anos. Acreditamos antes que um estilo de vida saudável não inclui alimentos processados e glúten.

Porque é somos tão obcecados com aquilo que os famosos comem?
Porque queremos ter um corpo igual ao deles. É por isso que os planos alimentares das celebridades estão por todo o lado. Basta fazer uma pesquisa no Google com um nome de uma atriz e começar a experiência. O regime alimentar diário das celebridades já é um negócio: há livros de culinária, de estilo de vida e até de exercício físico.

A pior dieta que experimentei foi a da Greta Garbo. O pão que mistura puré de aipo, frutos secos e leite ainda me causa arrepios.

Há alguma dieta de um famoso que gostava de experimentar no futuro?
Não quero fazer mais dietas nenhumas. Eu adoro comida e é por isso que foi tão difícil sobreviver a estas experiências. No entanto, descobri que passamos a compreender melhor uma pessoa quando comemos da mesma forma que ela.

O que é que mais aprendeu com esta experiência?
Aprendi a ser mais compreensiva com as celebridades em dieta porque as vidas deles são péssimas. Se forem como eu, perderam todos os amigos a partir do momento que cozinharam a codorniz au flambé de Karl Lagerfeld para o jantar. [Risos]

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.