1. Nem tudo foi mau em 2016. A sério
    01 Janeiro 2017352
    Pois, também foi com surpresa que nos apercebemos de que 2016 não tinha sido um ano assim tão terrível. Uma galeria de fotos que é uma espécie de antídoto para o cinismo. Será que ainda vamos a tempo?
    Utilize as setas do teclado
    Ana França
  2. Fome
    Número de afetados o mais baixo dos últimos 25 anos

    Não se pode celebrar o facto de que ainda existam 795 milhões de pessoas mal-nutridas no mundo, mas o número atual é o mais baixo registado desde que a ONU começou os registos, em 1990. Nessa altura eram mais de mil milhões de pessoas.

    Foto: AFP/Getty Images
  3. Excisão
    Mutilação genital

    A prática da excisão feminina ainda é praticada em 26 de 43 países africanos - com prevalências compreendidas entre os 98%, na Somália, e os 5%, no Zaire. O Parlamento Pan-Africano aprovou em junho uma resolução para pôr fim a esta prática que afecta 2 milhões de meninas por ano.

    Foto: Getty Images
  4. Transexuais
    Tolerância e inclusão

    Este ano, a Dinamarca tornou-se o primeiro país a deixar de classificar a transexualidade como doença mental. O Canadá aprovou leis que proíbem a discriminação contra pessoas transexuais e as escolas da província de Valência vão passar a respeitar a roupa e o nome que os menores escolham utilizar.

    Foto: Getty Images
  5. Solar
    500 mil painéis

    A Agência de Energia Internacional diz que a utilização de energia renovável, que já representa mais de metade de toda a energia consumida no mundo, vai crescer 13% entre 2015 e 2021. Durante o ano de 2016 instalaram-se meio milhão de painéis solares por dia e duas turbinas eólicas por hora.

    Foto: AFP/Getty Images
  6. Guerra
    Mundo menos violento

    Apesar do massacre na Síria e dos dos ataques terroristas, a guerra no mundo está agora confinada a um arco que vai da Nigéria ao Paquistão, contendo menos de um sexto da população. O fim do conflito armado na Colômbia, que durou 50 anos, significa que o Hemisfério Ocidental está agora livre de guerra.

    Foto: Getty Images
  7. Ambiente
    50 milhões de árvores

    Em apenas um dia, 800 mil voluntários plantaram 50 milhões de árvores na Índia, batendo o recorde mundial. O anterior tinha sido estabelecido pelo Paquistão, em 2013, quando se plantaram cerca de 800 mil árvores. Em 2030 a Índia quer ter 30% do seu território coberto de verde.

    Foto: AFP/Getty Images
  8. Carros
    Grandes cidades eliminam carros

    Quatro das maiores cidades do mundo - Atenas, Paris, Cidade do México e Madrid - comprometeram-se, em dezembro, a eliminar das ruas centrais todos os carros particulares a gasolina ou gasóleo até 2025.

    Foto: AFP/Getty Images
  9. Refugiados
    Alemanha recebe 300 mil

    Depois de receber mais de um milhão de refugiados em 2015, a Alemanha recebeu mais 300 mil pessoas em 2016, apesar dos protestos que Angela Merkel tem enfrentado pela sua política de "portas abertas".

    Foto: Getty Images
  10. Ébola
    Encontrada vacina para vírus

    Os primeiros testes da vacina, na Guiné Conacri, obtiveram resultados surpreendentes: 100% de proteção contra o vírus que matou cerca de 11 mil pessoas. Todas as 6,000 pessoas vacinadas estavam livres da doença dez dias depois. A vacina deverá começar a ser comercializada em 2018.

    Foto: AFP/Getty Images
  11. Voo limpo
    Primeiro avião sem combustível

    Dois pilotos suíços, Bertrand Piccard e Andre Borschberg, deram a volta ao mundo num avião inteiramente alimentado a energia solar. Os dois homens revezaram-se num cockpit minúsculo e sem aquecimento ao longo de 40,000 quilómetros.

    Foto: Getty Images
  12. Olímpicos
    Equipa de refugiados

    Pela primeira vez na sua história a organização dos Jogos Olímpicos escolheu 10 atletas refugiados, de diferentes nações, para formarem uma equipa: a Equipa Olímpica de Refugiados. Síria, Irão e República Democrática do Congo foram alguns dos países representados.

    Foto: AFP/Getty Images
  13. Gravidez
    Redução da gravidez na adolescência

    Em 2016, o número de bebés nascidos de mães adolescentes desceu para mínimos históricos. Segundo o Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças, nos últimos 25 anos, o número passou de 62 para 24 em cada cem mil nascimentos.

    Foto: Getty Images
  14. Animais
    Panda gigante a salvo

    O panda gigante já não é uma espécie em extinção. Há agora 2,060 no mundo, o que os torna uma espécie "vulnerável" mas não em perigo. Muitos destes pandas nasceram em ambiente controlado, na China, um país que se tem dedicado bastante à preservação da espécie.

    Foto: LUSA/LUSA
  15. Café
    Cafeína salva-vidas

    Vários estudos publicados este ano falam dos benefícios de beber café: pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas, diabetes e também ficou provado que reduz o risco de suicídio em homens e mulheres, diz a Universidade de Harvard.

    Foto: LUIS EDUARDO NORIEGA/EPA
  16. Ozono
    Buraco do ozono está a fechar-se

    O buraco de ozono, um rasgão enorme na película que protege a terra dos raios nocivos do sol, está a regenerar-se, aos poucos. Pela primeira vez em trinta anos, foi possível verificar que o buraco está mais pequeno cerca de 4 milhões de quilómetros quadrados - metade da área dos Estados Unidos.

    Foto: AFP/Getty Images
  17. Religião
    Muçulmanos contra terrorismo

    Em novembro de 2016 mais de 70.000 líderes religiosos islâmicos assinaram um documento, perante 1,5 milhões de muçulmanos, onde se desvinculam completamente de qualquer organização terrorista, incluindo todas as que utilizam o Islão como justificação para os seus ataques.

    Foto: Getty Images
  18. Religião
    Encontro entre líderes mil anos depois

    O Papa Francisco, líder dos católicos, e o cardeal Kirill, líder dos ortodoxos, reuniram-se na sala presidencial do aeroporto de Havana em fevereiro. O abraço entre eles foi históricos: há 962 anos que os líderes católico e ortodoxo não se encontravam, desde o cisma de 1054.

    Foto: GREGORIO BORGIA/AFP/Getty Images
  19. Saúde
    Avanços no estudo do ALS

    O gene responsável pela esclerose lateral amiotrófica (ALS) foi descoberto. O dinheiro recolhido o ano passado com o Ice Bucket Challenge ajudou no investimento às investigações relacionadas com a doença.

  20. Cinema
    Um Óscar para DiCaprio

    Aconteceu. Foi desta. Leonardo DiCaprio levou um Óscar de Melhor Ator para casa graças à prestação em "The Revenant" e aproveitou para falar sobre problemas ambientais. Há anos que o público reclama que o mais alto prémio do cinema devia ser entregue ao protagonista de "Titanic". Foi preciso esperar um pouco.

    Foto: AFP/Getty Images

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)