269kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

i

Jose M. Alvarez/JARSportimages.com

Jose M. Alvarez/JARSportimages.com

Onde foi um, foram 28. Mas os 28 foram como um só: os campeões do Sporting, explicados em citações, números e notícias /premium

"Tirem um leão de campo e estão lá os outros dez", explicou Porro. Sporting foi uma equipa sem segredos e que teve como principal sucesso o que não podia estar mais às claras: a união de um grupo.

Pedro Porro deu uma de muitas explicações possíveis para o sucesso do Sporting no podcast ADN Leão que saiu esta semana, quando olhou para um forte abraço no balneário entre Matheus Nunes, que marcou o único golo da formação verde e branca em Braga, e Gonçalo Inácio, que tinha sido expulso por acumulação de amarelos. “Podemos ver aqui a força que temos como equipa. Tirem um leão de campo e estão lá os outros dez, aí é impossível… Quando o Inácio foi expulso, lembro-me que olhámos todos uns para os outros e dissemos ‘Até ao fim’. Todos juntos, todos unidos, nenhuma bola entra aqui e essa força foi fundamental”, recordou.

Esse foi o encontro chave para a decisão do título, com uma vitória assente na força do coletivo que estancou o período mais irregular da equipa com três empates em quatro jogos. Mas antes já tinham sobrado imagens de um grupo de trabalho que soube procurar a “estrelinha” nos pormenores mais e menos visíveis, como aconteceu no dia em que Dário Essugo, jovem médio de 16 anos, fez a estreia pelos seniores, terminou a chorar de emoção e teve todos os companheiros a acarinhá-lo num momento que simbolizou não só a forte aposta nos jogadores da formação mas também o espírito de união, de solidariedade e de entreajuda que se tornou imagem de marca.

A tudo isso juntou-se uma frase, “Onde vai um, vão todos”. Uma ideia que até nasceu numa zona de entrevistas rápidas de Rúben Amorim em Famalicão, explicando o que se tinha passado junto à zona dos balneários no final do encontro que terminou com um empate a dois. Dentro e fora de campo, esse foi o principal segredo de uma equipa com poucos ou nenhuns segredos. E estes foram os campeões que personalizaram uma forma de estar.

Adán foi contratado esta temporada ao Atl. Madrid a custo zero. Espanhol, está prestes a fazer 34 anos. Fez toda a formação no Real Madrid, onde foi aposta de José Mourinho

Pedro Fiuza

"Transmite segurança, tem boa visão de jogo e sai bem da baliza. Tem falhas como todos temos, passei pelas balizas e sei bem do que falo, mas o Adán está a justificar a titularidade que lhe é dada. Sei como o Rúben Amorim e o Vital trabalham e também sei que na baliza do Sporting há uma concorrência forte mas saudável. Há que trabalhar ao máximo para ser titular e o Adán trabalha como se fosse um miúdo. O Maximiano tem muito mérito porque não lhe está a facilitar a vida e isso é bom para a equipa."
Joaquim Melo, antigo guarda-redes campeão pelo Sporting, à Rádio Renascença

Depois de ter feito 31 jogos na última temporada, Luís Maximiano perdeu o lugar no início da temporada e fez apenas um jogo na Liga entre quatro partidas oficiais

Getty Images

9

Luís Maximiano é um dos jogadores com mais anos de ligação ao Sporting, depois de ter trocado o Sp. Braga pelos leões quando ia para o primeiro ano de iniciado. Foi campeão nacional em todos os escalões, dos Sub-15 aos Sub-19, ganhando também três títulos regionais antes de subir aos Sub-23 e à equipa B. Foi também campeão europeu de Sub-17 em 2016

Pedro Porro, lateral espanhol que esteve na última temporada no Valladolid, chegou a Alvalade numa cedência por duas épocas do Manchester City e tornou-se internacional A aos 21 anos

Getty Images

Um contrato de cinco anos à espera

Mostrar Esconder

O Sporting garantiu na cedência por empréstimo de Pedro Porro por duas temporadas uma cláusula de opção de 8,5 milhões de euros que será acionada pelos leões, ficando o Manchester City com a percentagem de uma futura venda. A SAD verde e branca já decidiu ficar com o espanhol, que terá em cima da mesa um contrato de cinco épocas até 2026, e já existiram até sondagens de outros clubes por valores bem mais altos. Atualmente os leões têm 400 mil euros de encargos com o jogador, verba que irá subir quando o internacional passar em definitivo para o clube de Alvalade

João Pereira voltou a Alvalade para uma terceira passagem depois de quatro épocas e meia nos turcos do Trabzonspor e sagrou-se campeão aos 37 anos

Octavio Passos

3

A transferência de um jogador para um clube é cada vez mais o trajeto habitual de qualquer carreira. A contratação desse jogador duas vezes pelo mesmo clube, aí é mais raro. A aposta nesse mesmo jogador em três ocasiões distintas é um caso único – mas foi exatamente isso que aconteceu com João Pereira, reforço do Sporting no último dia do mercado de inverno. O antigo ala que fez a maior parte da carreira como lateral começou no Domingos Sávio mas fez quase toda a formação no Benfica, onde se sagrou campeão nos seniores em 2005. Após ter saído para o Gil Vicente, em 2006, chegou ao Sp. Braga e chegou pela primeira vez ao Sporting em 2010. No final da época de 2011/12, João Pereira foi para o Valencia, passou pelo Hannover e rumou pela segunda vez a Alvalade em 2015, num pedido expresso de Jorge Jesus. Um ano e meio depois, nova saída para o Trabzonspor. Ficou na Turquia quatro anos e meio, saiu por mútuo acordo e foi campeão à terceira em Alvalade com 37 anos.

Sebastian Coates, de 30 anos, é o jogador com mais anos no plantel principal leonino e bateu o recorde de golos na carreira na primeira época inteira como capitão

"O Seba nunca deixou de ser Seba. É um jogador com uma capacidade de liderança muito forte e aquilo que os sportinguistas podem esperar sempre do Seba é a entrega total, dedicação, superação, capacidade de liderança. Por isso, o Sporting tem ali um estandarte."
Beto, antigo bicampeão pelo Sporting, à Rádio Renascença

Gonçalo Inácio, de 19 anos, trabalhou com Amorim na última época mesmo sem ter jogado e tornou-se opção titular sobretudo na segunda volta

NurPhoto via Getty Images

A renovação de contrato antes da "explosão"

Mostrar Esconder

Gonçalo Inácio tinha contrato até 2023 com o Sporting no início da temporada, em que era apontado como um quinto central atrás de Luís Neto, Coates, Feddal e Eduardo Quaresma, mas a administração da SAD quis rever e prolongar esse vínculo por mais duas épocas em novembro, altura em que o central tinha apenas três jogos como suplente utilizado num total de 34 minutos, com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. Já perspetivando o que se ia seguir, o esquerdino assumiu a titularidade e tornou-se numa peça importante mesmo jogando mais à direita

Feddal, de 31 anos, foi sempre a primeira opção de Rúben Amorim para central mais descaído na esquerda, um lugar que antes poderia ter ficado com Mathieu

NurPhoto via Getty Images

"Falei muito com William Carvalho sobre o Sporting, ele falou-me muito bem do clube. Toda a gente conhece o clube, tem grandes jogadores que saíram daqui, falam sempre de Cristiano Ronaldo e Figo. Digo sempre que foi um passo importante na minha carreira, porque este é um clube que quer sempre jogar na Europa e lutar pelo campeonato (...) Naybet também falou comigo, ligou-me quando soube que vinha para aqui. Disse-me que os adeptos precisam do melhor do jogador e que se tu estás bem eles dão tudo. Para mim, Naybet é o melhor jogador da história de Marrocos.
Zouhair Feddal, em entrevista ao ADN Leão

NurPhoto via Getty Images

"Eu disse hoje que se ganhássemos era um título ‘Made in Sporting’. Estive a falar com o Matheus [Nunes] no jogo e disse-me que estava habituado a ganhar coisas na Distrital e agora ganhou um titulo nacional. Este futuro vai ganhar multo mais, ganhar o gosto de jogar pelo Sporting, de ganhar pelo Sporting. Quando o mister chegou a mensagem passou de maneira diferente."
Luís Neto, após a conquista da Taça da Liga frente ao Sp. Braga

Carlos Rodrigues

O primo afastado de Zico, outro adepto do Sporting

Mostrar Esconder

Zico, um dos melhores jogadores brasileiros de sempre que marcou a história não só do futebol canarinho mas também do Flamengo, tem uma estreita ligação com Portugal através do pai e com o Sporting, o clube do qual era adepto. “O meu pai punha na rádio os jogos do Sporting e os dois ouvíamos. Ele fazia bacalhau na brasa aos domingos sempre que havia um jogo do Sporting. São grandes recordações”, recordou em entrevista. O que poucos sabiam era que a antiga glória é familiar afastado de Eduardo Quaresma, jovem central lançado na última época com 18 anos acabados de fazer e que se tornou o defesa mais novo a jogar como titular no clube

Octavio Passos

A esperança da maior venda de sempre do Sporting

Mostrar Esconder

Entre várias apostas de jogadores formados no clube, Nuno Mendes é a principal cara e também a grande esperança do Sporting em fazer a maior venda de sempre, capaz de superar os 55 milhões mais objetivos de Bruno Fernandes para o Manchester United. E foi por isso que, quando renovou contrato até 2025 passando a receber um salário bruto de 400 mil euros por temporada, passou a ter uma cláusula de rescisão de 70 milhões de euros. Inglaterra é a liga que tem seguido mais de perto o lateral

Antunes, o mais velho com 34 anos, foi contratado após três épocas no Getafe, a última marcada por uma lesão grave, com o objetivo de ser uma opção secundária no lado esquerdo atrás de Nuno Mendes

Carlos Rodrigues

3

Antunes fez um total de 12 jogos oficiais na temporada de estreia em Alvalade, entre Campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga e qualificação para a Liga Europa, mas tem uma particularidade invulgar (e que não passa ao lado de algumas brincadeiras em termos internos): o internacional português viu apenas um cartão amarelo em campo, na meia-final da Taça da Liga com o FC Porto, mas foi admoestado em três ocasiões quando estava no banco de suplentes

FERNANDO VELUDO/LUSA

3

Cristián Borja foi contratado em janeiro de 2019 por 3,1 milhões de euros (80% do passe), conquistou logo em meia época uma Taça da Liga e uma Taça de Portugal e saiu no verão de 2021 envolvido no negócio Paulinho com o Sp. Braga, com dois jogos no Campeonato feitos ainda como jogador do Sporting. Ponto lateral: o internacional colombiano saiu por três milhões de euros, praticamente o mesmo preço que tinha sido pago dois anos antes, mas ficou também a suportar a diferença salarial entre o que tinha em Alvalade e o que passou a receber no Minho

João Palhinha conseguiu a melhor temporada da carreira aos 25 anos, o que lhe valeu mesmo as primeiras internacionalizações pela Seleção A

AFP via Getty Images

6

João Palhinha acabou por ser de forma involuntária o protagonista de um dos grandes casos do Campeonato, depois de ver o Tribunal Central Administrativo do Sul suspender o castigo de um jogo por completar uma série de cinco cartões amarelos (o que lhe permitiu ir para o banco no jogo com o Benfica) e de ver também o Tribunal Arbitral do Desporto dar parcialmente razão no recurso que tinha sido apresentado. A batalha jurídica neste processo ainda continua mas com um fator apontado pelos principais rivais dos leões: o médio viu seis amarelos no Campeonato e nunca cumpriu qualquer jogo de castigo

João Mário regressou a Alvalade após passagens por Inter, West Ham e Lokomotiv. Aos 28 anos, Sporting tenta agora ficar com o passe do médio

Getty Images

"Quis sempre voltar onde me sinto bem, onde fui feliz e onde quero voltar a ser feliz. Para mim é uma grande honra voltar a esta casa, que conheço bem. Voltei porque quero voltar a ser feliz. Acredito que fui feliz aqui, que me sinto bem"
João Mário, na apresentação oficial no regresso a Alvalade

Matheus Nunes, de 22 anos, marcou três golos fundamentais no Campeonato: com o Sp. Braga em Alvalade, com o Benfica em casa e com o Sp. Braga no Minho

"Do que eu já vi do Matheus Nunes, como está a treinar hoje, não tenho dúvidas nenhumas que vai pagar o Rúben Amorim. Só ele vai pagar o Rúben Amorim."
Frederico Varandas, presidente do Sporting, em entrevista ao 11

Valter Gouveia

O craque que só sabe jogar bonito mas esteve para desistir

Mostrar Esconder

Daniel Bragança chegou com apenas oito anos às escolinhas do Sporting, tendo feito todo o percurso Polo EUL antes de passar para a Academia como iniciado de primeiro ano. Essa mudança não foi fácil, com o médio (então com funções mais defensiva, como ‘6’) a admitir deixar de jogar futebol perante a pouca utilização. Acabou por ficar, sagrou-se campeão de juvenis e juniores como capitão, rodou depois no Farense e no Estoril onde terminou a época como Melhor Jogador Jovem da Segunda Liga e regressou a Alvalade com 21 anos, tendo sido um dos suplentes com maior utilização, o que lhe valeu uma presença constante na Seleção Sub-21

Dário Essugo, de 16 anos, aproveitou o facto de ter assinado contrato profissional para fazer logo nessa semana a estreia pela equipa principal

Gualter Fatia/Getty Images

6

Dário Essugo teve uma semana de sonho em março que não mais vai esquecer: assinou contrato profissional quando completou 16 anos, foi chamado aos trabalhos da equipa principal e aproveitou algumas ausências no meio-campo para ser suplente utilizado na vitória do Sporting frente ao V. Guimarães, garantida por mais um jovem saído da formação do clube (Gonçalo Inácio). O médio simbolizou também um dos maiores problemas criados pela pandemia: as várias gerações que, até aos 16 anos, estiveram mais de um ano sem competições oficiais nem possibilidade de treinar

EPA

"Obrigado por tudo, Sporting, para sempre no meu coração."
Wendel, na mensagem de despedida após assinar pelo Zenit com um jogo feito no Campeonato

Gualter Fatia

"Entendo os motivos que levaram à decisão [de ser afastado da equipa principal]. Certamente não estive ao meu melhor nível e entendo que o clube a tenha tomado para motivar-me a melhorar e para que assim possa voltar a ser o Gonzalo Plata que joga na seleção do Equador. Cheguei muito jovem a Portugal e, talvez, no meu período de adaptação faltou-me ter paciência para ir evoluindo. Sei que o mister quer o melhor para mim e para o clube."
Gonzalo Plata, em entrevista ao jornal Record

Pedro Rocha / Global Imagens

O maior exemplo de como fazer engenharia financeira para contratar

Mostrar Esconder

Bruno Tabata era um nome há muito referenciado em Alvalade mas a margem para investir no mercado de verão não era grande e o avançado acabou por tornar-se um exemplo paradigmático de engenharia financeira para assegurar uma contratação: o Sporting acordou pagar 500 mil euros por 10% do passe do brasileiro, ficando o Portimonense com 90% dos direitos económicos do jogador, ao mesmo tempo que definiu o valor de 4,5 milhões de euros para garantir 50% do passe

NurPhoto via Getty Images

O ano de todas as decisões para Jovane Cabral

Mostrar Esconder

Jovane Cabral vai ser neste verão um dos grandes pontos de conversa no Sporting. Com contrato até 2023, a administração verde e branca pretende prolongar o vínculo oferecendo quase o dobro dos 250 mil euros líquidos/época que recebe e se possível aumentando até a cláusula de rescisão fixada nos 60 milhões de euros mas interessa também perceber da parte do jogador quais são as perspetivas futuras que tem para a carreira que ficou marcada esta temporada pela irregularidade na utilização

Pedro Fiuza

"Dou-me melhor com o Pote e o Tabata. Conseguimos ter noção que se um está a jogar bem é normal que continue a jogar. Se eles estiverem bem, o grupo vai estar bem. Aqui não há grupinhos, o que é muito bom para um grupo de jogadores de futebol. Hierarquia só no autocarro: tem dois andares, por isso a equipa técnica vai em baixo, os jogadores em cima e atrás vão os mais velhos, os gajos com mais experiência e os brincalhões."
Nuno Santos, em entrevista ao ADN Leão

AFP via Getty Images

3,5

Luciano Vietto foi uma das principais opções de Rúben Amorim no final da temporada de 2019/20 a par de Jovane Cabral mas foi perdendo espaço no plantel verde e branco, sendo vendido já com o Campeonato em andamento aos sauditas do Al Hilal por sete milhões de euros por 75%, repartindo o Sporting esse valor com o Atl. Madrid. Ainda assim, e antes de deixar Alvalade, o argentino foi determinante na caminhada verde e branca com o golo do empate na receção ao FC Porto a quatro minutos do final

Pedro Gonçalves, de 22 anos, foi contratado ao Famalicão por 6,5 milhões de euros (50%). Parecia muito, tornou-se pouco: é o melhor marcador do Sporting e a grande revelação do Campeonato

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

"A qualidade tem de nascer contigo. Depois podes trabalhar e melhorar. Ia às Seleções de Sub-14 e Sub-16 e via por lá jogadores que eram melhores do que eu. Se calhar não trabalharam tanto e eu tive melhores oportunidades. Se não deres à perna há outro que dá e passa por ti."
Pedro Gonçalves, ao podcast ADN Leão

Sporar foi emprestado ao Sp. Braga no âmbito do negócio Paulinho, em janeiro, depois de ter sido decisivo no jogo com o Farense

JOSE SENA GOULAO/LUSA

3

Sporar saiu por empréstimo para o Sp. Braga no âmbito do negócio Paulinho, ficando os minhotos com uma cláusula de compra. Avançado esloveno marcou tantos golos até ao momento nos arsenalistas do que no Sporting, ficando com a vida mais complicada na semana passada: comentou uma publicação de Feddal nas redes sociais, a propósito da proximidade dos leões do título, viu vários adeptos pedirem o seu afastamento e acabou por pagar uma multa (tendo retirado entretanto o comentário)

Tiago Tomás não era nascido na última vez que o Sporting foi campeão e conseguiu o primeiro título nacional desde que chegou ao clube como infantil

Getty Images

Um avançado com mercado em Inglaterra e Itália

Mostrar Esconder

Tiago Tomás foi um dos seis jogadores promovidos por Rúben Amorim quando assumiu o comando da equipa do Sporting, demorou um pouco mais a fazer a estreia por questões burocráticas mas assumiu-se como uma das principais opções ofensivas, jogando sozinho na frente, em dupla ou mais descaído na direita. É essa versatilidade que tem promovido o interesse de algumas equipas inglesas e italianas no jogador, ainda que sem propostas concretas que tenham chegado a Alvalade até ao momento

Paulinho tornou-se em janeiro o jogador mais caro de sempre do Sporting, que pagou 16 milhões de euros por 70% do passe do avançado

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

"Para mim é o melhor avançado português, continua a ser o melhor avançado português, está a fazer bem o trabalho dele. A opinião mais importante é a minha. Não é a mais válida mas é a mais importante porque eu é que os ponho a jogar. Estofo? Estofo teve ele porque veio do Santa Maria até ser internacional. Ele, que era um desconhecido...
Rúben Amorim, em conferência de imprensa

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.