Ana Domingos – Neurocientista da Obesidade

“Como céptica e cientista que sou, só fico satisfeita com provas irrefutáveis que expliquem a verdadeira origem dos fenómenos. A obesidade é uma doença estigmatizada pela sociedade e a sua resolução terá de ir além de mezinhas e superstições. Sempre gostei de desafios e de problemas difíceis.”

Clara Azevedo

Raquel Oliveira – Bioquímica

“Adoro olhar para células e apanhá-las em flagrante na divisão celular. O que mais gosto no meu trabalho é o constante desafio de encontrar respostas que mais ninguém encontrou e conseguir com cada descoberta levantar ainda mais perguntas.”

Clara Azevedo

Raquel Ferreira – Neurocientista

“A investigação faz crescer em mim a vontade de ser melhor profissional e um melhor ser humano. Cada dia de trabalho incita-me a derrubar novos obstáculos, a estimular nos outros o gosto pelo conhecimento e a tentar descobrir mais sobre o funcionamento do nosso cérebro. Quero muito fazer a diferença!”

Sérgio Azenha

Zita Martins – Astrobióloga

“Trabalhar na área da astrobiologia é para mim um sonho tornado realidade. O estudo da origem da vida na Terra e a procura de vida fora do nosso planeta são assuntos fascinantes, que permitem viajar até aos confins do Universo e alargar as fronteiras do conhecimento.”

Antonio Pedro Ferreira

Joana Vaz Pais – Economista

“A ciência económica é mais vasta do que se possa pensar. Eu trabalho em teoria dos jogos, estudo mercados onde o dinheiro não desempenha nenhum papel, faço experiências em laboratório e desenho mecanismos de mercado.”

Luísa Ferreira

Mónica Almeida e Silva – Bióloga

“Não havia volta a dar: eu tinha de conhecer aqueles animais enormes e graciosos. Comecei pela ecologia comportamental das baleias e dos golfinhos e hoje vivo seduzida pela intrincada teia de relações do ecossistema marinho em que vivem, a diversidade de processos ecológicos e a longa cadeia de causas e efeitos.”

Clara Azevedo

Renata Gomes – Cientista cardiovascular

“Foi a curiosidade que me levou a estudar este músculo em constante movimento, único e complexo, sobre o qual sabemos tanto mas ainda tão pouco. Tento resolver problemas complicados com técnicas simples, aplicando novas tecnologias à ciência e tentando que a humanidade possa beneficiar do resultado em tempo útil.”

Tiago Oliveira

Margarida Melo – Matemática

“Ser matemática é explorar ideias e conceitos novos e entender os segredos que escondem. É viver uma vida cheia de desafios e tentar ver sempre mais além. Mas é sobretudo um enorme privilégio, porque ser Matemática é também ser artista: é trabalhar com ideias e desenhá-las no contexto de um mundo ideal.”

Adriano Miranda

Joana Moscoso – Microbióloga

“Aos 12 anos já queria ser cientista e estudar os seres vivos que não se vêem. Segui o meu sonho e hoje estudo como as bactérias causam infeções. Fascina-me a diversidade e a capacidade que têm de viverem em qualquer lado, de contribuírem para termos uma vida saudável e de serem capazes de nos deixarem doentes.”

Tiago Oliveira

Paula Castro – Biotecnóloga

“Na sala de aula, no laboratório e no campo, é um privilégio explorar os contributos da biotecnologia moderna para a resolução de desafios ambientais que afetam o dia-a-dia de todos. Alimento o gosto das pequenas descobertas com o sonho maior de ver os meus filhos crescerem num planeta saudável.”

Tiago Oliveira

Ana Colaço – Bióloga do mar profundo

“Quando começamos a descer num submersível, a água é transparente, muito azul. De repente, deixa de haver luz e é tudo muito escuro. Quando chegamos ao fundo e acendemos as luzes é como uma paisagem lunar, não parece o nosso planeta! É uma sensação mágica…”

Clara Azevedo

Cláudia Cavadas – Neurofarmacologista

“Adoro novas ideias. Como investigadora gostava de encontrar um medicamento que nos impedisse de envelhecer e conseguir assim que todas as doenças que têm a idade como factor de risco aparecessem mais tarde… ou não aparecessem. Quem é que não quer descobrir o elixir da juventude?”

Daniel Rocha

Marina Cortês – Astrofísica

“Aos 16 anos li o ‘Contacto’ do Carl Sagan e fiquei apaixonada. O meu trabalho aborda várias áreas – como nasceu o Universo? Como apareceram as estrelas e galáxias? O que é a misteriosa energia escura que hoje domina o Universo? E o maior sonho: perceber o que é o tempo!”

Nuno Ferreira Santos

Diana Marques – Ilustradora científica

“Representar a ciência com imagens estáticas e em movimento é a minha profissão e predileção. Como comunicadora visual procuro depurar, simplificar e embelezar as palavras científicas para cativar a atenção e promover a interpretação. Os resultados ficam à vista num livro ou museu perto de si.”

Clara Azevedo

Mónica Bettencourt-Dias – Bióloga

“Os meus dias são todos diferentes! Sou constantemente confrontada com novos desafios que me obrigam a pensar de forma inovadora e criativa para perceber melhor o mundo que nos rodeia e a nós próprios”.

Luísa Ferreira

Sofia Aboim – Socióloga

“Ser cientista social é fazer das perguntas uma profissão e é nessa busca de respostas que interpelamos o mundo e a vida das pessoas que nele habitam, desfazendo pré-conceitos e verdades adquiridas. É nestes (des)encontros que a vontade de saber permite conhecer mais a sociedade e o nosso próprio lugar no mundo.”

Antonio Pedro Ferreira

Isabel Ferreira – Bioquímica

“Como valorizar produtos naturais da montanha? Este tem sido o meu caminho, trilhado com entusiasmo e determinação. Nunca desistir é o meu leme e o prazer da descoberta a minha âncora. A investigação que faço evidencia a certeza de que fazer ciência é uma vontade. Felizmente, uma vontade partilhada.”

Tiago Oliveira

Vânia Calisto – Química Ambiental

“Cuidar do ambiente é o mesmo que cuidar de nós e do nosso futuro. Há inúmeros desafios ambientais que podem ser resolvidos se forem unidos esforços e a ciência for colocada ao serviço deste interesse comum. Esta é sem dúvida a minha grande motivação para abraçar a química ambiental como área de investigação.”

Daniel Rocha

Maria Pereira – Farmacêutica

“Um dos ingredientes fundamentais da inovação e da descoberta é o trabalho em equipa. Tudo o que atingi até hoje foi o resultado de um esforço comum de uma equipa altamente multidisciplinar focada em resolver problemas clínicos concretos e contribuir para a qualidade de vida de pessoas em todo o mundo.”

Clara Azevedo

Mara Freire – Engenheira química

“O que me fez ser cientista foi a oportunidade de lidar diariamente com o prazer da descoberta e de contribuir para uma melhoria da nossa qualidade de vida. Todos os dias são intensos, únicos e repletos de surpresas.”

Luísa Ferreira