42 horas nos bastidores do comboio gastronómico

O Observador acompanhou a equipa do comboio histórico que virou restaurante de fine dining. Stress, cansaço e brincadeira resultam numa barrigada de paisagens únicas e comida incrível

Por Diogo Lopes