CP

A História da Carruagem 4

Autor
  • Elói Figueiredo

Não podemos pedir para optar politicamente pelo transporte público e deixar de investir num serviço ferroviário com o mínimo de conforto para os passageiros.

Comboios Alfa Pendulares vão à ‘revisão da meia vida’ e ganham nova cara”, (Público, 27 de janeiro, 2016); “CP está a ficar sem comboios e à beira do colapso”, (Público, 11 de julho); “Governo tem travado todas as soluções para comboios de longo curso: no horizonte pode estar a privatização do serviço de longo curso” (Público, 29 de julho); “Governo garante que privatização da CP é fantasia” (Expresso, 30 de julho).

Lisboa, 3 de agosto, 42ºC no exterior. Depois de estacionar o carro na Gare do Oriente, são 14h09 e o Alfa Pendular 133, proveniente de Santa Apolónia, ainda não chegou. Com um atraso pouco habitual, embarco no Alfa não renovado em direção ao Porto – sou o passageiro 57 da carruagem 4. Rede wi-fi de Internet e redes de comunicação móveis não funcionam; bancos mostram sinais claros de quase 20 anos de atividade. Poucos minutos volvidos, questiono o revisor sobre o andamento lento do comboio – sou informado de “uma avaria no sistema de sinalização” na Linha do Norte. Mais uns minutos, com a carruagem cheia e isolada, o ar está irrespirável. Questiono novamente o revisor – desta vez sou informado de uma avaria no sistema de ar condicionado. Tudo que se move é leque. Algumas crianças viajam em fralda. Passageiros de pé despem-se e questionam. Entretanto, corre a notícia de que o ar condicionado da carruagem 2 também está avariado. Passageiros circulam à procura de ar respirável – “dizem” que a carruagem 3 “tem frigoríficos e mantém o ar mais fresco”. Estranhamente, a indicação do visor eletrónico da carruagem indica 25ºC no interior (!) e 41ºC no exterior. Uma verdadeira “sauna” andante em dia de verão. No final, valeu a simpatia dos tripulantes e a garrafa de água oferecida com “autorização da central”.

Conclusão: um dia mau para a CP; nos últimos dias, situações semelhantes foram reportadas noutras ligações; e não é a primeira vez que o ar condicionado “avaria” na ligação Lisboa-Porto em épocas de vaga de calor. Na medida em que se discute a privatização do serviço de longo curso, é bom lembrar de que está ainda por concluir o processo de ‘revisão de meia vida’ nos dez comboios Alfa Pendular e que “apenas” custava 18 milhões em 2016. Todos sabemos que o momento ainda é de contenção orçamental e que o Governo está limitado no nível de investimento público. Contudo, não podemos pedir para optar pelo transporte público e deixar de investir num serviço ferroviário com o mínimo de conforto para os passageiros. Numa altura em que está em discussão pública o Programa Nacional de Investimentos 2030, é importante ter presente a história da carruagem 4 e lembrar de que as linhas de longo curso são fundamentais para a mobilidade das pessoas e para o desenvolvimento do país.

Professor Universitário

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)