455kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Helena Matos

Colunista

Nasci a 4 de Junho de 1961. Licenciei-me em Estudos Portugueses na Universidade Nova de Lisboa. Comecei por ser professora de Latim e Português no ensino secundário. Em seguida fui jornalista. Desde 2000 faço pesquisa para séries de televisão e programas de rádio. Escrevi Salazar, A construção do mito (Temas e Debates); Salazar, A propaganda (Temas e Debates) Os filhos do Zip Zip - Portugal na primavera marcelista (Esfera dos Livros) e em co-autoria com José Manuel Fernandes, Este país não é para jovens (Esfera dos Livros). O Público, Tvi24, Diário Económico e agora o Observador são alguns dos meios em que tenho colaborado em espaços de opinião.

Artigos publicados

António Costa

As coisas pelos nomes

Casos da semana: a directora que confundiu a DGS com a Rua Sésamo. A decepção do primeiro-ministro não com os partos em Portugal mas sim com o aborto nos EUA. Por fim, quem é a bruxa de Setúbal?
Marcelo Rebelo de Sousa

O beijo

De Pedrogão em 2017 às urgências em 2022: Marcelo beija, Costa diz que na semana seguinte estará tudo resolvido. O beijo de Marcelo é o símbolo do regime a que estamos entregues: o patético-socialismo
Carlos Moedas

Carlos Moedas, temos um problema

Carlos Moedas anunciou que vai dar um passo ao lado na questão da ciclovia da Almirante Reis. Moedas acaba de trair o seu eleitorado. Vai acabar ao pé coxinho.
António Costa

O problema não é o lugar de Cavaco mas sim o nosso

Parafraseando António Costa, o problema é a história. Mas não a história do que Cavaco Siva foi mas sim a história do que enquanto país não estamos a ser e sobretudo do que não conseguiremos ser.
Governo

A eleição de Montenegro. A contratação de Tavares

Luís Montenegro e Rui Tavares são os novos líderes da oposição. O primeiro porque lidera o principal partido da oposição. O segundo porque para tal foi seleccionado pelo Governo.
Identidade de Género

Esquerda Marx na rua, esquerda Modess com governo

Aguardo que deputados e deputadas deixem de se identificar como homens e mulheres para passarem a apresentar-se como pessoa com útero, pessoa sem características definidas ou pessoa com testículos. 
Serviço Nacional de Saúde

Olá Lenine

Os serviços públicos, a começar pelo SNS, são a versão actualizada da desaparecida RDA: são os perfeitos e indiscutíveis pilares de um regime que se declara superior. Apenas não funcionam.
António Costa

Há pessoas para tudo

António Costa de quarta-feira corrige António Costa de segunda, já António de sábado desanca os dois anteriores. Há pessoas para tudo e um primeiro-ministro para cada uma delas.
Comunismo

Um país de compreensão lenta

Passados 48 anos do 25 de Abril, Portugal descobriu que o PCP é um partido totalitário. Já tínhamos tido 48 anos de Estado Novo. Daqui a 48 anos já teremos descoberto que o PS empobreceu o país?
António Costa

Sócrates e PS: quem aldrabou quem?

António Costa declarou que Sócrates aldrabou o PS. Mas esqueceu-se de acrescentar que o PS também aldrabou Sócrates ao fazer de conta que acreditava nele e que ambos nos aldrabaram a nós, portugueses.
História

Há 215 anos a Ucrânia ficava em Portugal

Dado o abandalhamento a que estão reduzidas as comemorações do 25 de Abril, aproveitemos os 215 anos da primeira invasão francesa para celebrar o Povo.
António Costa

Todos em movimento enquanto o país se afunda 

Portas para Belém. Costa para a Europa. Rui Rio para a região Norte... E Portugal para onde vai? Para os últimos lugares da Europa.
Novo Governo

A nova situação: do Estado Novo ao Partido-Estado

48 anos e vários dias de democracia voltámos à Situação. Aquele tempo de política pantanosa que sabemos bloqueado e insustentável mas que vamos prolongando à espera que algo ou alguém aja pos nós
Angela Merkel

Perguntar antes que seja tarde demais

Angela Merkel é o novo Chamberlain? Marcelo em modo fungagá da bicharada anuncia isolamento político do PR? Bloco quer nova taxa? Claro que sim. O BE trocou o comunismo pelo taxismo.
Impostos

O socialismo assistido

O Autovoucher é mais um produto na montra do socialismo assistido. Aquele que não trata das expectativas num futuro melhor mas sim de que ideologicamente sedados suportemos a degradação da nossa vida
Guerra na Ucrânia

O síndroma do bicho-da-seda

Durante décadas construímos uma civilização-casulo. Ou seja um mundo suficientemente rico para pagar para que não o ataquem. Mas agora o nosso casulo foi brutalmente rasgado pelo brutalidade de Putin.
Transgénero

Regionalização, a golpada que se segue

Primeiro os partidos violam a lei e os votos dos emigrantes acabam no lixo.Agora planeiam fintar a Constituição e fazer a regionalização na secretaria. Portugal acabará estraçalhado no bolso de alguns
Pensões

O terrorista para português ver

Num mundo cheio de alegados, possíveis, talvez, aspas e quiçás, João, 18 anos, tornou-se no terrorista. Assim, sem sombra de dúvidas, o terrorista. Para português ver, obviamente.
PS

O grande cerco

Enquanto o país que quer ficar bem na fotografia pede cerco ao Chega, o PS trata do cerco a Carlos Moedas. A CML ter um presidente não socialista é para o PS um desafio intolerável à sua hegemonia.
Pandemia

A febre dos testes

Milhares de portugueses são obrigados a fazer diariamente testes à COVID. Para controlar e conhecer a pandemia? Certamente que não pois se assim fosse as eleições não tinham sido convocadas para hoje.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.