Helena Matos

Colunista

leitor+helenafmatos@observador.pt

Nasci a 4 de Junho de 1961. Licenciei-me em Estudos Portugueses na Universidade Nova de Lisboa. Comecei por ser professora de Latim e Português no ensino secundário. Em seguida fui jornalista. Desde 2000 faço pesquisa para séries de televisão e programas de rádio. Escrevi Salazar, A construção do mito (Temas e Debates); Salazar, A propaganda (Temas e Debates) Os filhos ver mais... do Zip Zip - Portugal na primavera marcelista (Esfera dos Livros) e em co-autoria com José Manuel Fernandes, Este país não é para jovens (Esfera dos Livros). O Público, Tvi24, Diário Económico e agora o Observador são alguns dos meios em que tenho colaborado em espaços de opinião.

Polémica

A ostraca /premium

Helena Matos

Todos, a começar pelo director do Público, teremos a qualquer momento o nosso nome inscrito na lista dos que devem ser banidos. A ditadura das causas exige-o. 

1.072
Crónica

Portugal, país-slime /premium

Helena Matos

Estão a ver aquela massa viscosa com que as crianças se entretêm? O slime, claro. Portugal está a tornar-se num país-slime, onde os valores são moldados a gosto e a responsabilidade não  existe.

1.256
Crónica

Os amigos /premium

Helena Matos

Os amigos uns dos outros. Os amigos de Peniche. Os amigos dos animais. Os amigos do alheio. O amigo de todos... Com amigos assim não precisamos de inimigos. 

780
Crónica

Os dias do parvoísmo /premium

Helena Matos

O perigo para o nosso tempo não está no comunismo nem no fascismo, mas sim no parvoísmo, esse infantilismo cruel que se tornou a ideologia triunfante dos nossos dias. De decadência,  obviamente.

505
25 de Abril

O milagre dos cravos /premium

Helena Matos

Basta colocar um cravo ao peito para os vigaristas passarem a incompreendidos; os ditadores a democratas e os actuais ministros a oposição. Já o BE esquece as PPP com Salazar e Bolsonaro.

2.006
Crónica

O arraial da luta /premium

Helena Matos

É a luta feminista. A luta contra o racismo... Há sempre uma luta. A luta é um arraial que políticos vorazes pelo poder montaram nas nossas vidas. O reverso desta encenação vai do fiasco ao crime

1.796
Violência

Uma súbita náusea /premium

Helena Matos

Uma professora foi agredida mas dessa violência não se fala. Carlos César diz que “a igreja tem de pôr a mão na consciência” sobre os abusos de menores e o país cala... São os dias da súbita náusea.

2.550
Arrendamento

A coisa /premium

Helena Matos

Programas para proprietários que antes de regressarem à aldeia entregam ao Estado as suas casas para arrendar. Torres com 300 apartamentos. O arrendamento tornou-se na terra da intervenção socialista

683

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)