436kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Tiago Coelho

Convidado

Artigos publicados

Alterações Climáticas

Onde nos leva a histeria sobre o clima?

Prometem-se limites para o aumento da temperatura que não só demonstram ser inatingíveis como se trata de comprometimentos pelos quais os políticos de hoje não terão de prestar contas.
União Europeia

Uma Comissão sem capacidade para ser “geopolítica”

Vinte anos depois continuamos à volta das mesmas questões fundamentais e sem uma estratégia para lidar com uma vizinhança com poucos amigos e um ambiente internacional muito mais competitivo.
Mundo

Estados Unidos e China: o fim da ilusão?

A administração de Joe Biden tem na China um adversário formidável. Para lhe fazer frente vai precisar de recorrer à postura combativa e transacional da administração do seu antecessor.
Mundo

Myanmar: um regresso ao passado? 

Tendo em conta a história pós-colonial do Myanmar, marcada por dois golpes de Estado que trouxeram pouco mais do que miséria económica e social, é compreensível que um povo espere o pior.
Mundo

Japão: o legado de Shinzo Abe 

A transição de poder em Tóquio ocorre num momento de mudança da estrutura e equilíbrios de poder do sistema internacional. Como terceira maior economia do mundo, o Japão é uma nação indispensável.
China

O fim de uma era em Hong Kong

Ao definir Hong Kong como um caso de segurança nacional para a China, o Partido Comunista Chinês mostra que não olhará a meios para defender aqueles que entende serem os seus interesses fundamentais.
Globalização

Covid, eficiência económica e segurança nacional

As grandes empresas chinesas atuam numa lógica de prossecução dos objetivos do partido comunista em vez de uma lógica de mercado concorrencial. É ver o papel que têm na estratégia “Made in China 2025”
Coronavírus

China e OMS: responsabilidade vai morrer solteira?

O modo como Pequim instrumentalizou a OMS para servir os seus interesses a expensas da credibilidade de uma instituição antes respeitada deixa ver o que a China pretende das instituições multilaterais
Relações Internacionais

O que esperar da guerra comercial EUA/China?

Em 2001, Washington pensou que a entrada da China para a OMC levaria a uma reforma gradual da sua economia e, por inerência, do sistema político. Isso não aconteceu. Daí a actual guerra fria comercial
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.