Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A confiança do Presidente Putin nos habitantes da Federação da Rússia é “tão grande”, que os seus assessores e conselheiros procuram, afincadamente, novas formas de afastar, de uma vez por todas, a oposição extraparlamentar russa das eleições parlamentares marcadas para Setembro.

O grande e principal objectivo é neutralizar as actividades de Alexey Navalny e dos seus apoiantes. Depois da tentativa falhada de envenenamento de Navalny pelos serviços secretos russos, ele foi sujeito a julgamentos com sentenças pré-definidas: condenação a prisão e pagamento de pesadas multas.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.