Obituário

Michael Novak (1933-2017): capitalismo, liberdade e verdade

Autor
231

Michael Novak, que morreu esta sexta-feira, foi um dos mais esclarecidos e influentes estudiosos católicos do capitalismo democrático e em particular das suas dimensões moral, cultural e espiritual.

Michael Novak, um dos mais esclarecidos e influentes estudiosos católicos do capitalismo democrático e em particular das suas dimensões moral, cultural e espiritual, morreu esta sexta-feira aos 83 anos. Como outros intelectuais influentes da sua geração, Novak começou inicialmente com um perfil marcadamente de esquerda, tendo o seu amadurecimento intelectual coincidido com um gradual abandono dessa matriz de radicalismo progressista. Depois de vários anos como académico, Michael Novak foi recrutado pelo American Enterprise Institute em 1978, tendo aí trabalhado até 2010. Em 2016, Novak regressou à Catholic University of America (onde havia estudado no final dos anos 1950) como distinguished visiting fellow.

Foi durante os seus anos no AEI que Novak desenvolveu o seu trabalho mais influente. No contexto da Igreja Católica, essa influência fez-se sentir junto do Papa João Paulo II e do Papa Bento XVI enquanto na esfera política ela foi porventura mais sentida através dos seus amigos Margaret Thatcher e Ronald Reagan, assim como por via da propagação das suas ideias em alguns dos países da Europa da Leste que se encontravam subjugados pelo totalitarismo comunista, com destaque para a Polónia.

Naquela que foi muito provavelmente a sua obra mais influente – The Spirit of Democratic Capitalism, publicado inicialmente em 1982 – Novak apresentou uma argumentação elegante no sentido de que as dimensões económica, política e espiritual-moral de uma sociedade estão profundamente interligadas e que o funcionamento de uma economia de mercado assenta nessa interdependência num contexto de pluralismo. Embora reconhecendo que o cristianismo não requer um sistema político ou económico específico (incluindo, portanto, o capitalismo democrático), Novak argumentou ao longo de décadas que o capitalismo democrático – apesar de frequentemente odiado e desprezado – constitua o melhor sistema para promover a liberdade e a melhoria das condições de vida dos mais pobres.

Membro da Mont Pèlerin Society, Michael Novak recebeu numerosas distinções em várias partes do mundo, entre as quais o doutoramento Honoris Causa concedido pela Universidade Francisco Marroquín, da Guatemala, em 1993 e o Templeton Prize em 1994. Em Portugal, colaborou com o Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa, tendo nomeadamente sido o orador na Palestra Tocqueville de 2001 com uma comunicação intitulada “Tocqueville and the American Founding: What does Faith add to Reason?“.

A sua lucidez, erudição e coragem na análise dos fenómenos políticos, económicos, culturais, morais e religiosos do nosso tempo vão fazer muita falta, tanto nos EUA como a nível global. Entre as suas muitas afirmações merecedoras de reflexão, talvez a mais adequada ao actual momento seja o seu alerta contra o relativismo: “The most critical threat to our freedom is a failure to appreciate the power of truth.” [“A ameaça mais perigosa à nossa liberdade é a incapacidade de compreender o poder da verdade”].

Professor do Instituto de Estudos Políticos e Director do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa. Membro do Benedict XVI Centre for Religion and Society e Visiting Senior Fellow da St. Mary’s University.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Liberalismo

Anthony de Jasay (1925-2019)

André Azevedo Alves

Com uma personalidade de trato nem sempre fácil e ideias heterodoxas e politicamente incorrectas, Jasay fez o seu percurso maioritariamente à margem do sistema académico vigente. 

Ensino Superior

A fraude da eliminação das propinas

André Azevedo Alves
893

Aos 18 anos os jovens poderiam votar, mas estariam ao mesmo tempo sujeitos à frequência compulsiva de um “ciclo geral universitário” para receberem a adequada doutrinação socialista.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)