O que desejo para os meus alunos? O mesmo que desejo para os meus filhos: que sejam felizes e me ultrapassem em fortaleza e conhecimento.

A Escola sempre foi para mim uma segunda casa. Desde os meus tempos de aluno, do Liceu de Santarém até aos dias de hoje no meu trabalho. Lá, ainda miúdo, encontrei alguns verdadeiros mestres (só muito mais tarde o percebi), adultos que nunca tiveram qualquer pretensão sobre mim, mas que estavam sempre presentes e que, incrivelmente, tinham muito gosto nisso. Educaram-me, fortaleceram-me no carácter, ensinaram-me muito para além do que escreviam nos quadros de ardósia e do que eu lia nos manuais; sobretudo levaram-me a descobrir quem eu era, sem nunca o dizerem. Fizeram-me olhar para a minha vida e compreender o que queria fazer com ela; não fizeram o caminho por mim, não me mostraram o caminho sequer, simplesmente acompanhavam-me e nunca deixaram de me fazer perguntas. Mais tarde percebi o que queria para a minha vida, queria ser como eles: um educador!

A Escola é um lugar de encontro entre os adultos e os que caminham para o ser. Este encontro potencia uma história, enriquece a vida, dá-lhe ou aumenta-lhe o significado e o sentido. A Escola vive de uma presença, de um conteúdo e de um desafio a cada um: para que cada um se revele, para que possa fazer uma escolha, para poder tomar uma decisão.

A Escola é vital para que eu me descubra e aprenda a lidar com o que me rodeia. É o espaço onde cada um é desafiado a conhecer. A descoberta assenta no conhecimento. É decisivo conhecer cada matéria, relacionar-se com ela e, por fim, apoderar-se verdadeiramente dela. Aos educadores cabe passar esta herança para cada aluno; são eles os principais portadores do conhecimento e os geradores, por isso, da curiosidade e do interesse em cada aluno. Isto acontece porque são os educadores que arriscam propor um significado, um nexo entre o que o aluno vive e aquilo que deseja.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.