Húngaros nas ruas. Milhares gritam "não!" a mais 400 horas de trabalho e ao poder de Orbán

Novas medidas do governo de Viktor Orbán estão a enfurecer a Hungria. Milhares estão nas ruas para dizer "Não!" a três anos de espera pelo salário e ao novo teto máximo de 400 horas extra de trabalho

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.