Reclusos partilham vídeos diariamente a partir das prisões portuguesas

Colocam conteúdos nas redes sociais, relatam - e exibem - consumos de droga. Como conseguem os reclusos aceder a objetos ilícitos? Há guardas a fazer negócio e até drones a fazer entregas.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.