Ossos, pré-eleições e o Biberon parlamentar

O fio condutor serve-se da Internet para escalar os Himalaias, ver que o calendário de férias é uma arma política e que, na Nova Zelândia, o presidente do parlamento não cobra pelo babysitting.

Capa do programa

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.