15 questões eleitorais

15 questões eleitorais

O que está em causa nestas eleições

A dívida pública mas também a privada. O tipo de emprego. O dinheiro para pagar pensões e apoios. O envelhecimento do país e a educação que temos. Lei aqui as 15 grandes questões desta campanha.
15 questões eleitorais

Pedro e António, qual é o melhor decisor?

As maiores conquistas, a personalidade e irritações, a experiência política, capacidade de negociar e de fazer equipas. Passos e Costa vistos à lupa.
15 questões eleitorais

Como é que a economia pode crescer mais?

A economia recuperou (e recomenda-se) ou estagnou (e precisa do motor do Estado)? O Observador convidou os 4 partidos a defender a respetiva proposta económica, questão central para o voto no dia 4.
15 questões eleitorais

Precisamos mesmo de uma maioria?

Haver uma maioria nas eleições em Portugal é importante para os investidores estrangeiros, mas não é essencial. As preocupações? A continuidade das reformas e manter PCP e Bloco fora de jogo.
15 questões eleitorais

Há mais emprego, mas que emprego é este?

175
São cinco anos de emprego, desemprego, de ocupados do IEFP, estágios, salários, contratos e setores vistos à lupa, que começaram a recuperar em 2013. Afinal, o que mudou? E o que ainda falta mudar?
15 questões eleitorais

Fisco. Quem para a máquina cobradora de milhões?

292
Para além do enorme aumento de impostos, a máquina fiscal está mais afinada na cobrança. Os resultados foram vitais para as contas do Estado, mas há quem veja lá excessos. O futuro traz algum alívio?
15 questões eleitorais

O país é mais desigual? Precisamos de mais apoios?

A crise atingiu em cheio alguns setores da sociedade, mas quais? Será que Portugal está mais desigual? E há espaço para mais apoios sociais ou basta usar os que temos? O que propõem os partidos?
15 questões eleitorais

Dívida privada. A próxima bomba relógio?

416
A crise da dívida foi a crise da dívida pública. Mas em países como Portugal e Irlanda um dos problemas era (e continua a ser) o peso da dívida privada. O FMI está preocupado, o governo nem por isso.
15 questões eleitorais

Escolas. Temos de lhes dar mais autonomia?

195
Desde 1989 que se fala em autonomia das escolas, mas 26 anos depois os diretores dizem que a autonomia é como o Pai Natal. O Partidos prometem reforçar competências. Mas como? E o modelo dá resultado?
15 questões eleitorais

Fazer mais bebés. Os políticos podem ajudar-nos?

530
1981 foi o último ano que em Portugal houve reposição de gerações. O país está em crise de natalidade profunda. É caso único na Europa? O que pode ser feito? Uma pista: a solução não está no dinheiro.
15 questões eleitorais

O que ganhamos com as privatizações?

261
Foram quase 10 mil milhões. Metade da receita serviu para baixar a dívida pública. O resto ficou nas empresas públicas. Os donos são estrangeiros, as caras ainda são portuguesas. E as estratégias?
15 questões eleitorais

Vamos receber pensões? São suficientes para viver?

249
A Segurança Social é o tema destas eleições. As perguntas que muitos portugueses fazem sobre o assunto: Terei pensão quando chegar a idade? E será suficiente para sobreviver? Os dados e as propostas.
15 questões eleitorais

Ainda vale a pena ser funcionário público?

218
O Estado levou um apertão, mas muito à custa de medidas transitórias. Que custos tiveram as medidas? Ainda vale a pena trabalhar no Estado? Os serviços públicos vão melhorar? Eis as contas e ideias.
15 questões eleitorais

O envelhecimento vai matar o SNS?

276
O aviso veio de Bruxelas: a despesa pública de saúde é a que mais vai subir com o envelhecimento da população. Portugal é já o 4º país mais envelhecido da UE. O SNS sobrevive? O que vai ter de mudar?
15 questões eleitorais

Dívida pública: vai-se pagando ou bomba relógio?

387
Portugal terá de reestruturar a dívida pública? É possível satisfazer os encargos e evitar danos na imagem do país junto dos investidores? Saiba qual a dimensão do fardo e o que defendem os partidos.
15 questões eleitorais

É possível Portugal ser competitivo no euro?

263
A economia portuguesa precisa da "muleta" da desvalorização cambial para conseguir ser bem sucedida no comércio internacional? Ou será que a competitividade "é, em grande parte, uma escolha"?

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)