Chegamos aqui grávidas, muito tímidas e inseguras.

A Associação Humanidades lida com reclusos e desempregados, mas também acolhe mães adolescentes e os seus filhos, promovendo a sua autonomia e responsabilidade. A todos dá ferramentas para a vida.

Por Laurinda Alves