Maria da Glória, a portuguesa que morreu em Sousse

Aos 76 anos, era a primeira vez que viajava sozinha. Escolheu Sousse em memória do marido, falecido dois anos antes. Maria da Glória Moreira é a única portuguesa entre as vítimas do atentado.

Por Ana Cristina Marques, Agência Lusa