Renováveis. Corte de 133 milhões está por cobrar

O Governo quis corrigir os apoios públicos pagos "em excesso" aos produtores de renováveis. Medida beneficiou o preço da eletricidade em 2017, mas, um ano depois, os valores ainda não foram cobrados.

Por Ana Suspiro