ADN resolve mistério do alien do Atacama

O estudo do ADN do esqueleto com menos de 15 centímetros encontrado no Atacama revelou que Ata tinha muitas mutações. Aquele que se pensava ser um extraterrestre era afinal um humano.

Por Observador