Neto Moura tira pulseira eletrónica a agressor

O Tribunal de Matosinhos condenou arguido a três anos de cadeia suspensos e à proibição de contactos com a vítima. O juiz sancionado decidiu que atribuição de pulseira eletrónica não foi fundamentada.

Por Observador