Como entram drogas e telemóveis na prisão? "Fácil" /premium

Detetores de metais viciados, negócios milionários entre presos e guardas, contrabando e sexo na sala de visitas. O retrato das prisões portuguesas revela um sistema sem controlo e de portas abertas.

Por Carolina Branco