A empresa responsável pelo Photoshop, a Adobe, anunciou esta semana o lançamento de uma versão “beta” de uma ferramenta que vai permitir às pessoas distinguir o que é ou não real nas fotografias.

A ferramenta em questão é de uso opcional, voluntária e, numa fase inicial, está apenas disponível para utilizadores selecionados, tal como explica a CNN. Esta permite aos editores adicionar informações detalhadas (metadados, isto é, dados sobre outros dados) às imagens sobre as quais estão a trabalhar. A respetiva informação fica incorporada nas imagens independentemente de quantas vezes forem partilhadas online.

Através destes metadados será possível perceber quem criou a imagem e onde, por exemplo, mas também conhecer dados de como a mesma foi modificada; segundo a Adobe, será claro se estes dados foram ou não manipulados.

O lançamento faz parte de uma iniciativa assente na autenticidade de conteúdo da empresa, juntamente com o Twitter e o The New York Times, que assim pretende combater a desinformação e as chamadas fake news. Ainda numa fase inicial a ferramenta servirá para publicar imagens na rede social Behance, propriedade da Adobe.