Marcelo Rebelo de Sousa

Influencers, sim; violência doméstica, não /premium

Reunir com associações que apoiam vítimas de violência não é glamouroso, não dá boas fotografias, não é tão popular no instagram. Donde, Marcelo Rebelo de Sousa não participa, envia uma assessora.
Brexit

E se o Brexit for libertador? /premium

Ficar na UE seria dar luz verde para que Bruxelas fizesse o que quisesse. Pelo contrário, se bem encaminhado, o Brexit pode resultar numa corrida pela desregulamentação e a favor do comércio livre. 
Crónica

Comunismo 31 - 0 Nazismo /premium

Resolução da Parlamento Europeu terminou em empate, aqui trata-se mesmo do número de deputados portugueses que preconizam cada uma destas ideologias congéneres, fontes de tantas e tantas alegrias.
Política Económica

Os salários não aumentam por decreto /premium

O facto de o aumento de 20% do salário mínimo, nos últimos anos, ter coincidido com o aumento de 300 mil empregos não nos pode levar a concluir que aumentos futuros não possam ter o efeito contrário.
Democracia

Da morte lenta da Democracia

Em 1970 eram apenas 35 as democracias eleitorais em todo o mundo. No início do século XXI, quase 120. Era expectável que viessem a estabelecer-se nos restantes países, mas não tem sido esse o caminho.
Catalunha

Criar corvos na Catalunha

O independentismo lançou um anátema sobre os catalães que desejam manter os vínculos com Espanha, acusando-os de fascismo e de colonialismo, e mesmo os separatistas entregaram-se a guerras fratricidas
Política

O Chega chegou para ficar /premium

Muitos choram lágrimas de crocodilo porque o Chega elegeu um deputado. Em vez disso era mais útil e menos arrogante tratarem de perceber o que está mal para ter sido a escolha de tanta gente humilde.
Catalunha

Catalunha: entender a causa

A única solução será alcançada quando os catalães perceberem que todos ganham se estiverem unidos. Mas o governo espanhol comete erro atrás de erro e não entende que a questão não se resolve com prisões.
Portuguese Women in Tech

Maternidade, principal promotor da desigualdade

As mulheres continuam a ser consideradas os principais cuidadores das crianças. Após o nascimento do primeiro filho são socialmente pressionadas a gravitar para trabalhos com horários mais flexíveis.
PSD

Entre a habilidade de Costa e a esperteza de Rio /premium

233
Ainda pedem tempo para Rio: o homem ainda chega lá, é dar-lhe tempo! Talvez chegue, da mesma maneira como Raul Brandão dizia que na tropa quem vivesse até aos cem anos chegava pelo menos a capitão.
Global Shapers

Reinventar rodas, minority report style! /premium

Se compararmos com os nossos congéneres, a grande mudança é confiar. É pararmos de ter uma visão desconfiada dos empreendedores e das empresas, o que tem de se traduzir numa eliminação de burocracias.
PSD

Regresso ao futuro no PSD

243
Há no PSD uma terceira via, a de Miguel Pinto Luz, que é mais abrangente e contemporânea na conceção de Portugal e no papel do partido, com uma conceção das políticas públicas assente na liberdade.
Sociedade

Porque toda a Vida é digna

843
O que não é digno é a maneira como a sociedade tantas vezes trata os mais frágeis: os deficientes, os doentes, os idosos, os mais pobres. Caminhar pela Vida é desejar uma sociedade que não mata, cuida
Parlamento Europeu

O comunismo e o nazismo entram num bar… /premium

613
O PCP não está ofendido por ter sido considerado criminoso, está ofendido por ter sido considerado tão criminoso como os nazis. Acha-se vítima de uma falha de consideração.
Violência

Um abraço desarma sempre? /premium

227
Sem saber o que se passou na escola de Lisboa, ver o vídeo do professor que abraça o jovem atirador até o conseguir desarmar faz pensar noutras estratégias para atacar a violência e conter a agressividade
Novo Governo

Um Governo imobilista /premium

127
O espartilho do acordo com a extrema-esquerda foi destruído mas o resultado será o mesmo: um Governo com uma alergia absoluta a qualquer mudança estrutural que promova o progresso económico e social.
PS

CDSPPDPSDPSCDUBE, o antibiótico de largo espectro

Temos de reconhecer que o PS é um partido “antibiótico de largo espectro", o único que fez, ao longo de 4 décadas, coligações e outras formas de colaboração com todos os partidos da direita à esquerda
Filantropia

Saber, riqueza e filantropia

Uma coisa é apoiar Instituições que praticam filantropia; outra, distinta, exigindo compromisso, dedicação, é a dos que sem fortuna mas com uma ideia põem mãos à obra para prestar um serviço essencial
Catalunha

Estrangeiros no seu próprio país

330
Queremos mesmo fomentar uma guerra numa região com enorme autonomia num dos países mais democráticos do mundo para benefício de líderes incompetentes e corruptos e de anarquistas que destroem as ruas?
Democracia

De Praga a Cascais: Liberdade sob a Lei /premium

Pequim e Moscovo não entendem a diferença crucial entre obediência à lei e desobediência a ordens — mas é nesta diferença crucial que reside a perene civilização ocidental da liberdade sob a lei.
Comportamento

Como se chega ao ódio? /premium

126
É tal o “lixo” que guardamos por sermos tão mais falsos do que devíamos que, quando nos atingem com o mal, encolhemo-nos pois a indiferença face ao mal permite fingir que não temos nada a ver com ele.
Brexit

Brexit: quarta edição /premium

O que está em causa para os britânicos e os seus hóspedes, bem como para cada quem não reside no Reino Unido, são os fantasmas nacionalistas que habitam populações mais velhas.
Catalunha

Cuidado com as aparências /premium

149
Aparentemente Portugal e a Catalunha estiveram lado a lado em 1640. Mas há que ter cuidado com as aparências: nem Portugal era um principado nem a Catalunha um estado.
Cidades

As cidades inteligentes segundo Ribeiro Telles

644
O homem de hoje tende a deixar de ser rural ou urbano para alcançar uma visão cultural que abrange tanto os valores da ruralidade como os da cidade. E quem diz os valores diz, também, as atividades.
Crónica

A crise dos 30

É preciso contrariar e insistir. Comprometer. Esquecer o desconforto da última vez e chegar à próxima. É que não se-me ocorre outra forma de encher o recipiente que não gota-a-gota.
Nações Unidas

A ONU e o legado hipócrita da ética camarada

475
A Venezuela, que foi sovietizada por Chávez e que, após uma eleição viciada, passou a ser desgovernada por Maduro, foi eleita como membro do Conselho de Direitos Humanos da ONU.
Novo Governo

O óbito da geringonça e como Costa testa os seus /premium

133
Este é o maior governo da nossa democracia. É também, porventura, o que tem mais juristas como ministros. Nenhuma destas características é muito recomendável. Mas esperemos que tenha visão e ambição!
Síria

Trump está a fazer o que a esquerda sempre quis /premium

211
Para a Europa, só há uma coisa pior do que o intervencionismo americano: o isolacionismo dos Estados Unidos. A verdade é cruel: sem os EUA, a Europa não serve para muito no Médio Oriente ou no Golfo.
Catolicismo

Newman e o voto em consciência /premium

192
Não faz sentido que os deputados, ou os cidadãos, votem sobre o direito à liberdade, à dignidade ou à vida humana, porque os direitos humanos não se referendam.
Serviço Nacional de Saúde

Costa quer mesmo fazer da Saúde uma prioridade?

351
The Lancet traçou um cenário negativo do SNS, escreveu que este não responde às necessidades da população e desafiou o PM a tornar a saúde uma prioridade. Estará o próximo governo à altura do desafio?
Crónica

O sonho de Portugal é fingir que é um país /premium

1745
O melhor de Portugal são aqueles instantes em que se esforça por simular a aparência de uma nação a sério e acaba a demonstrar espectacularmente que não passa de um equívoco.
Polémica

Salazar e a lobotomia dos povos

100
E não é possível continuar a tratar hoje sociedades inteiras, para mais envelhecidas, como se se tratasse de um bando infantil, irresponsável, incapaz de pensar por si mesmo.
Abstenção

Já que ninguém pergunta....

278
Arranjem as vossas razões para não votarem porque as minhas são só minhas. Este meu texto serve para que as pessoas que apelam com profunda vacuidade ao voto entendam as razões de quem não o faz.
Maioria de Esquerda

Geringonça - a valsa do adeus /premium

149
Se a direita quiser encurralar o PS, este desloca-se para a esquerda. Se a esquerda quiser encurralar o PS, este desloca-se para o centro. Depois da geringonça, chegou a legislatura da valsa.
Governo

Costa à vista! /premium

260
Basta olhar a imprensa internacional para perceber que o mundo vê aquilo que os portugueses não vêem e que não é universal a eficácia ilusionista com que Costa logra esconder a poeira debaixo do tapete
Médio Oriente

Os curdos, Trump e a traição ocidental /premium

257
É triste ver o ditador turco calar a Europa, ameaçando lançar-lhe mais três milhões de refugiados em cima. Se o Ocidente está assim, então o melhor é mesmo não começar nada, e não enganar mais ninguém
Tecnologia

Uma nova etapa na relação fintech-banca

Estamos perante um novo quadro que favorece muitíssimo a concorrência e que vai transferir a batalha pelo negócio financeiro para o domínio dos dados, que se tornará o epicentro da revolução digital.
CDS-PP

Liberdade para ser de direita: democracia cristã

784
O CDS é uma federação de sensibilidades, não podendo ser sectário ao ponto de democratas cristãos se reverem noutras propostas. Os futuros dirigentes deverão ter bem claro que um partido é um percurso
Crónica

Crédulos e desconfiados /premium

114
Tropeça-se constantemente em indivíduos que acreditam que os americanos nunca puseram os pés na Lua tal como em televisões que acreditam que Mário Centeno é um “Ronaldo das finanças”.
Política

E agora direita portuguesa?

251
A crise da direita em 74-75 gerou a sua crise de identidade quando se albergou em partidos que não eram de direita, mas do centro (CDS) ou centro-esquerda (PPD). Essa crise identitária durou até hoje.
INTERPOL

Um mundo mais seguro - Taiwan pode ajudar

Peço apoio à participação de Taiwan na Assembleia Geral Anual da INTERPOL como observador, bem como em reuniões, mecanismos e actividades de formação organizadas pela INTERPOL e pelo UNODC.
Política

Este país não é para aprumos

A pieguice da abstenção exprime-se por “balidos e lágrimas de crocodilo”. Nas últimas eleições europeias, nestas eleições legislativas, a comiseração desinteressada fez parte do protocolo.
Fiscalidade

Baixos salários em Portugal? Kafka explica

3568
Não há como fazer contas e perceber quando custa a um empregador dar um aumento salarial que se veja a um funcionário para se compreender o efeito perverso da nossa carga fiscal.
Liberdade de Imprensa

A eterna instrumentalização da RTP /premium

281
O recente caso de adiamento do programa “Sexta às 9” mostra que prevalece, na RTP, uma incapacidade de distanciamento (editorial e orçamental) que assombra a independência do seu jornalismo.
Parlamento Europeu

Fascismo e comunismo: para além da Alemanha e URSS /premium

1909
É necessário transpor a decisão do Parlamento Europeu para o ensino secundário, como útil “vacina” para as gerações futuras, e arejar o ensino superior, ainda cheio de ideólogos de extrema-esquerda.
caderno de apontamentos

O regresso às raízes da universidade /premium

Não se pode exigir às instituições capacidade de adaptação sem as dotar da margem de que precisam. São necessárias mudanças no ensino superior, que muitas vezes é “prisioneiro” das próprias regras.
Ministério da Educação

Educação: agenda para a legislatura

A Inglaterra e alguns estados dos EUA concluíram que as escolas do estado seriam melhor geridas por entidades privadas. Em Portugal faz-se o caminho inverso sem justificação de eficácia ou eficiência.
Política

PSD: a desgraça de uma estratégia redutora

592
As únicas coisas que a liderança do PSD tem para oferecer são o “recentramento” do partido e acordos de regime com o PS. Talvez sirvam para afugentar o rótulo de direita, mas não fazem uma alternativa
Crónica

Profissão: político, cantor e trapezista de circo /premium

Melhor é ficarmos com quem conhecemos, não experimentar pessoas novas (suores frios), não dar ideias a novatos (horror), controlar tudo, não permitir que alguém descambe o belíssimo status quo (credo)
Alimentação

Como nos alimentaremos em 2050

301
A dicotomia forçada entre a chamada agricultura “biológica” e “convencional” levam o consumidor a acreditar que existe uma agricultura boa e uma menos boa, o que afasta a população dos reais problemas
Crescimento Económico

Portugal não é um oásis /premium

191
Será que a economia portuguesa vai conseguir resistir a uma desaceleração sincronizada da economia mundial, como a prevista pelo FMI no seu último relatório? Se isso acontecer, será a primeira vez.
Legislativas 2019

A vitória duma vontade

Que todos os que desejaram a maioria relativa do PS para serem parte da construção do futuro com os seus contributos, estejam agora disponíveis para serem garante de estabilidade e responsabilidade.
Política

Os três desafios da direita /premium

Agregar-se, não ceder ao populismo e as presidenciais já daqui a ano e meio. Estes três desafios ditarão o futuro da direita e do país. Complementam-se ao ponto de se falhar um, falharem todos.
NBA

Da China com Amor /premium

Os Estados Unidos encontram-se, de facto, mergulhados numa profunda crise. Sabemos que a coisa está mesmo feia quando cabe a um indivíduo com o currículo de Donald Trump ser a reserva moral da nação.
Hospitais

Contar /premium

A dificuldade de contar era directamente proporcional à incredulidade que suscitaria, mas não tinha eu “visto”? E o desafio não era afinal a descoberta de que “ali” também podia escorrer o talento?
Política

2019 não é necessariamente 2009 /premium

183
Quem quiser mudar a situação e reformar o regime não pode esperar por que aconteça isto ou aquilo. Terá de encontrar maneira de mobilizar força dentro do país. É muito difícil? Não há outro caminho.
União Europeia

Referendos, para que vos queremos?

A transferência de poder de decisão para a União Europeia é definitiva e em Portugal ocorre paulatinamente desde 1986 sem que nunca nenhum português tenha sido chamado a pronunciar-se a esse respeito.
Legislativas 2019

A análise sociológica dos eleitores

148
O PS teve o voto dos portugueses com menor instrução e mais velhos. O BE e sobretudo o PSD tiveram o voto dos eleitores mais jovens e com maior nível de escolaridade. A política actual não tem futuro.
Global Shapers

A Arte da Guerra no Mar - Um legado Quinhentista

A “Arte da Guerra do Mar”, de Fernando Oliveira, continua a ser uma obra magistral do pensamento estratégico português, essencial para quem se interessa pela estratégia como ciência de acção.
Venezuela

A filha de Chávez a passar cartão /premium

289
Já começo a ficar enfastiado com estas notícias de filhos de ditadores que gostam de esbanjar. Furo jornalístico seria informar que um destes delfins não vive à custa do dinheiro que o papá furtou.
Parlamento Europeu

Pessoas competentes, políticas europeias exigentes

154
Alguns líderes europeus manifestaram o seu descontentamento com a rejeição dos seus candidatos, mas vale a pena lembrar que o Parlamento Europeu é a única instituição europeia diretamente eleita.
IPSS

‘Cancro’ continua a ser uma palavra difícil /premium

560
Sábado mil pessoas caminharam para celebrar os 25 anos da Acreditar. Pais e filhos, amigos e familiares de crianças e jovens com cancro. Pessoas que viveram ou estão a viver um tempo altamente erosivo
Catalunha

A questão catalã segue dentro de momentos…

Em meu entender, os efeitos políticos que se prefiguram serão devastadores para a Espanha. E sê-lo-ão mais para o próprio Estado do que para os condenados.
Ativismo

A cultura de ódio

3148
O fanático ativista sente-se moralmente superior porque reivindica um acesso privilegiado à verdade e essa atitude de superioridade impede a valorização do dissenso e a obtenção de consensos.
Legislativas 2019

O pluralismo de uma "sociedade socialista" /premium

346
O pluralismo só funciona da extrema-esquerda à democracia-cristã. Como se os liberais não tivessem lugar na democracia e como se os radicais do PCP e do Bloco não fossem o catalisador do Chega.
Médio Oriente

Turquia: o elefante na sala

A atitude de Pôncio Pilatos de Donald Trump tem, pois, muito relevantes antecessores históricos. Ele é apenas mais um líder ocidental a trair os curdos, na boa tradição europeia.
Legislativas 2019

Uma eleição, um governo e um presidente /premium

Como uma grande árvore seca no meio de uma data de arbustos tortos e alguns minúsculos, é isso que o PS irá fazer a partir da semana que vem até à eleição presidencial daqui a pouco mais de um ano.
Hong Kong

2047: A data limite da liberdade

Falar de Hong Kong hoje é falar em democracia. Na presente luta pela manutenção dos direitos e liberdades cantonesas, surge uma data ignorada: 2047.
Educação

Educar para o socialismo

1215
Infelizmente os esforços estatais de educação e doutrinação não têm produzido os resultados esperados. A grande maioria dos nossos jovens continua a não perceber o que é o socialismo.
Educação

Contra as turmas demasiado competitivas /premium

1617
A competição faz-nos crescer mas as turmas demasiado competitivas distorcem tantas vezes a relação dos nossos filhos com o conhecimento que muitos baixam os braços e desistem, devagarinho, de competir
Legislativas 2019

A Ventura do André ou a democracia em perigo

290
Os populistas não estão a chegar. Há muito que cá estavam. Aliás vieram para ficar e a sua visibilidade dependerá dos meios de comunicação social, da rede e do comportamento dos partidos tradicionais.
António Costa

Outra vez o faz de conta /premium

472
As negociações que Costa agora mantém com o BE e o PCP são tão faz de conta quanto as que teve com a PàF em 2015. O governo vai viver em compasso de espera até se saber quem fica à frente do PSD.
Legislativas 2019

Desde o PREC que a direita não era tão necessária

635
Nunca foi tão importante como hoje ter uma direita aglutinada, focada, com norte, capaz de encontrar na pluralidade e na heterogeneidade das suas várias correntes a convergência para quebrar este fado
Crescimento Económico

Um milagre económico que não o é /premium

111
O fator de que de forma mais consistente continua a afetar a competitividade em Portugal é o funcionamento do mercado de trabalho. Dos piores vinte indicadores para Portugal, sete são nesta categoria.
PSD

Irá o PSD sobreviver a Rio? /premium

194
Com Rio, o PSD continuará o caminho para se transformar num partido regional, cuja ambição é fazer do norte do país uma grande Madeira. Triste destino para um partido que já foi o maior de Portugal.
Partido Chega

O histerismo não é bom

145
Não deve existir espaço para histerismos mediáticos contra uma pessoa porque certamente tal terá o resultado contrário ao pretendido. O Trump, o Brexit e o Bolsonaro são o maior exemplo disso.
Iniciativa Liberal

Raquel Varela à beira-mar

242
Existirá sempre que se comporte como o velho do Restelo, estático, à beira-mar, que ignora a dinâmica e a beleza do esplendor que pulsa para além do horizonte. O liberalismo é um desses pulsares.
Pais e Filhos

Não espere seus filhos crescerem para brincar  /premium

O que não construímos hoje, não construiremos amanhã. E, quando piscamos os olhos, eles já são pré-adolescentes revirando os olhos para nossas atrasadas propostas de brincadeiras.
Partido LIVRE

Quem fala assim é de extrema-esquerda /premium

2427
No fundo, e à superfície, o Livre mistura os horrores do BE com as abominações do PAN, mantendo o ressentimento, o moralismo, o revisionismo, a vocação proibicionista e a natureza totalitária de ambos
Democracia

O destino do mundo e a democracia liberal

Na democracia liberal não há inimigos, há adversários e divergências criadoras. Nela o convívio e a emulação democráticas fazem progredir o mundo, geram a paz e ainda melhoram a vida dos seres humanos
Igreja Católica

Santa súbito! /premium

265
“Foram as primeiras religiosas a sair, de noite, para cuidar dos doentes nas suas casas. São como a luz na noite do doente”.
Montepio

O Partido Socialista e o Montepio

325
Nos doze anos de presidência de Tomás Correia, o Montepio converteu-se numa “coutada” do PS, usado a seu belo prazer, facto que a gabarolice dos “donos disto tudo” não escondia.
Legislativas 2019

Crise no centro-direita e potencial de IL e Chega

1767
É um erro classificar o Chega como um partido de extrema-direita mas, paradoxalmente, essa demonização é a melhor oferenda que André Ventura poderia desejar para a sua rápida afirmação política.
China

Nacionalismo à Pequim /premium

Há dois elementos comuns a todos os nacionalismos. São a dignidade da nação e o facto de a dignidade da nação se medir em termos comparativos com outras nações – o grau de prestígio internacional.
Política

A direita de que a democracia portuguesa precisa /premium

316
Estar à direita hoje é, em primeiro lugar, querer ser alternativa ao PS enquanto partido de governo da esquerda e eixo de uma política confusa e imobilista que já pôs metade dos eleitores a abster-se.
PSD

O novo ciclo político do PSD

No PSD é tempo de virar a página, dando novo protagonismo a uma geração que teve a sorte de crescer em Democracia, a uma geração para quem a computação e a inteligência artificial são o seu dia-a-dia.
Legislativas 2019

E se ficar tudo na mesma? /premium

A vantagem estratégica do PS está aqui: a direita não tem a menor ideia do que António Costa fará amanhã, mas toda a gente sabe o que a direita gostaria de fazer depois de amanhã.
caderno de apontamentos

Contratação de professores: preparar o futuro /premium

184
O modelo de contratação de professores para as escolas públicas está obsoleto e já não faz qualquer sentido. Mais: é um dos principais entraves ao desenvolvimento do sistema educativo público estatal.
Legislativas 2019

Joacine, Beatriz, Romualda: afrodescendentes na AR

228
Se considero importante colocar na agenda o tema do racismo estrutural, rejeito absolutamente as tentativas sistemáticas de tornar esta questão numa arma de combate contra o adversário político.
Educação

O sucesso mora ao lado /premium

O sucesso não é uma medida externa e de validação do mundo exterior. O sucesso é interior. A serenidade que se ganha pelo interior bate tudo: notas, futebol, namoradas, dinheiro, viagens. Tudo.
Legislativas 2019

Será que a culpa é sempre dos outros? /premium

138
De facto o PEV não é uma ficção, pois há muito que é evidente que esse partido é uma realidade, simplesmente uma melancia: verde por fora e vermelha por dentro e, neste caso, com dois pevides intactos
Legislativas 2019

A minha contribuição para o desastre eleitoral

560
Quando afirmei num debate que Portugal deve facilitar a vinda não só dos imigrantes dos países da CPLP, como daqueles que aceitem viver com os nossos valores civilizacionais, a casa veio abaixo.
PSD

Rui Rio /premium

Não consigo deixar de experimentar, aqui e ali, mesmo nos seus maus momentos, uma certa simpatia pela sua pessoa. Acontece, no entanto, que foi um desastre à frente do PSD. Azar dele – e azar nosso.
Psicologia

Saudinha, da boa! /premium

Se aprendemos a escovar os dentes após as refeições, porque não aprender a relaxar, a identificar e a compreender o que sentimos e a estabelecer relações positivas para um maior bem-estar e saúde?
PSD

Rio não gosta do PSD

1807
Se dúvidas houvesse sobre a natureza autoritária e a prática ditatorial do seu mandato, elas dissiparam-se ao vermos Rio, à moda da CDU, tentar transformar na noite eleitoral uma derrota numa vitória.
Legislativas 2019

Um governo cansado e uma oposição perdida

130
O PS apresenta-se com as mãos limpas de princípios inegociáveis, um quadro em branco perfeito para acomodar as linhas vermelhas anunciadas na noite eleitoral. Sendo assim, o PS vai governar para quê?
Psicologia

2020 está aí: primeiros socorros em saúde mental

477
Talvez valha a pena começarmos a falar em primeiros socorros em saúde mental, isto é, de ajuda imediata a uma pessoa que parece encontrar-se com um problema mental até à chegada da ajuda profissional.
Legislativas 2019

Portugueses de segunda /premium

517
Existem ainda 4 deputados por eleger nos círculos da diáspora. Isso não impediu a indigitação do vencedor para formar governo. Se fosse futebol, seria como entregar a taça antes de soar o apito final.
Revolução

Cuidado com o “palhaço”

119
No fim Joker, rendido perante a aclamação pública, viu como pessoas cansadas de serem exploradas não querem lógica nem princípios; e que também não querem a liberdade que a democracia liberal oferece.
Legislativas 2019

Derrotas factuais. Vitórias morais. /premium

159
Estou pasmado! Surpreendeu-me uma noite eleitoral em que todos perderam mas todos cantaram vitória, na melhor tradição luso-comunista de muito pensar, pouco ver e tudo escamotear.
Legislativas 2019

PSD: para as cidades, e em força /premium

Não é desprezar o país rural ou fora dos grandes centros urbanos. É perceber que vive metade do país só em Grande Lisboa e Grande Porto e que são estes os eleitores mais difíceis de satisfazer.
António Costa

Não há maioria absoluta, mas há animal ferocíssimo /premium

176
Agora percebo o receio de "mexicanização". Por este andar, mais uma ou duas legislaturas e os espanhóis são meninos para construir um muro na fronteira para impedir que passemos a salto para Badajoz.
Legislativas 2019

Outono /premium

Sempre vimos António Costa exibir a segurança que lhe advinha da facilidade de reverter e distribuir. Mas agora vem o Outono.
Legislativas 2019

Governar pelo retrovisor /premium

215
Todas as medidas do BE remetem para o passado: ‘reposição’, ‘nacionalização’, ‘eliminação’. Mas a que ilustra melhor a incapacidade de preparar o futuro é a da eliminação do factor de sustentabilidade
PSD

A novidade

A ambição não pode ser a de querer ter também um Centeno mas saber fazer a diferença. O PSD terá que saber liderar uma grande agenda de crescimento da riqueza e não se focar só no controle do défice.
PSD

O segundo é o primeiro dos últimos /premium

Saber perder é indispensável para que se corrijam os erros. Se o PSD não o fizer também não o conseguirá exigir ao PS quando for preciso que o país mude de política.  
Legislativas 2019

O PSD e as eleições de dia 6

1607
A tarefa mais importante e urgente que o PSD tem agora à sua frente é a de reconstruir a unidade do partido e de mobilizar os seus militantes, entre eles os que se afastaram ou foram afastados.
Legislativas 2019

Lançado às férias /premium

567
Qualquer pessoa informada sabe que o PM não foi de férias, ficou cá a organizar o focus group para perguntar aos portugueses como avaliavam o trabalho do Governo durante o incêndio de Pedrógão Grande.
Legislativas 2019

A crise da direita não é só a crise da direita /premium

403
Não é só a direita, é o país e o regime que carecem de novos protagonistas capazes de devolver à sociedade o dinamismo de que precisa. Enquanto houver uma crise da direita, a crise será de todos.
Crónica

O café

265
Quando me farto da minha época, do meu mundo e dos cafés automáticos, espreito para dentro da cafeteira e, havendo ainda café no interior, sirvo-me, bebo-o e encontro-me com a minha mãe, no mundo dela
Redes Sociais

Cidadania, redes sociais e e-democracia

134
Que papel têm as redes sociais no desenvolvimento da cidadania, no envolvimento dos jovens na política e na e-democracia?
Papa Francisco

Os indiferentes /premium

556
O Papa falou contra a indiferença num dia em que a abstenção atingiu um recorde: 45,5%. Uma esmagadora percentagem de cidadãos preferiram vestir o hábito dos indiferentes, afastar-se e passar ao lado.
Portuguese Women in Tech

Quebrar o feitiço

A desigualdade de género tem persistido nas últimas décadas. Mas nem sempre foi assim. Do século XVIII em diante, até ao fim da II Guerra Mundial, a programação foi predominantemente feminina.
Legislativas 2019

E se Rui Rio der a mão a António Costa? /premium

Se a tripla PS/PAN/Livre não chega para a maioria absoluta, o PCP rejeita uma nova geringonça e o Bloco faz propostas irrealistas, resta saber se António Costa se alia a Rui Rio.
Legislativas 2019

O país que finge que está tudo normal /premium

3821
Festejem, festejem, mas que ninguém pense que algo de reformista e estruturante possa vir a ser feito por um governo de António Costa neste tempo de pós-geringonça à esquerda e Rio sem fim à direita.
Identidade de Género

Como responder à assim chamada “gender revolution”

114
A “revolução do género” (gender revolution), como alguns lhe chamam, é uma invenção e, como todas as invenções, tem subjacente um modelo de negócio. Mas que foi camuflado com uma roupagem “científica”
Obituário

Tributo a Freitas do Amaral e à democracia liberal /premium

Para além de civilizar a direita, a fortíssima votação em Freitas do Amaral em 1985/86 contribuiu decisivamente para civilizar a esquerda — que Mário Soares tentava solitariamente civilizar.
António Costa

Simplesmente, ordinário /premium

971
Em democracia não basta ser eleito. Também é necessário saber comportar-se como um exemplo de civilidade política. Reside aí uma das superioridades morais dos regimes democráticos.
Política

As eleições no dia seguinte num livro proscrito

Admitindo que possam ser discutíveis, relativizar o valor moral dos termos direita e esquerda não só não resolve nenhum dos desafios do tempo atual, como ainda diminui a capacidade de os compreender.
Alimentação

A rúcula /premium

Esta sina de publicar textos aos domingos leva a que tenha esta desdita de escrever em dia de eleições. Mas enquanto os resultados não chegam tratemos da rúcula. E das prateleiras dos supermercados
Presidente Trump

Trump Memcons vs Nixon Tapes  

Trump tem mais motivos do que Nixon para se opor judicialmente a entregar todas as transcrições da Casa Branca, caso entenda seguir essa via. Mas o risco está lá e vai durar até às eleições de 2020
Cultura

A importância de descentralizar a cultura

Hoje é difícil ignorar o ideal de uma “cultura para todos”. Contudo, para lá de palavras de circunstância, a grande maioria das iniciativas culturais de relevo continua a ter lugar em Lisboa e Porto.
Legislativas 2019

Os Valores e a Responsabilidade do Voto /premium

Ficou bem demonstrado nesta legislatura que o comportamento mais ou menos ético de cada deputado afecta a imagem de toda a instituição. Os eleitos devem justificar a confiança de quem lhes deu o voto.
Amor

Amo-te! Mas somos só amigos /premium

471
É a sexualidade que “consuma” o casamento. É a sexualidade que nos leva a esclarecer se estamos casados, por dentro, com uma pessoa. É a sexualidade que segura, por muito tempo, um casamento.
Legislativas 2019

O dia em que somos tratados como bebés

1612
A forma como vivemos o dia de reflexão é um absurdo, um arcaísmo herdado dos dias da revolução. O black-out informativo deste sábado é um forma de infantilizar os eleitores e menorizar o jornalismo.
Alimentação

Apologia da carne

161
O combate feroz ao consumo de carne mais não é do que um combate frontal e assumido a parte da nossa herança cultural! É um combate feroz e assumido a toda a filosofia epicurista do joie de vivre.
Universidades

Medicina Dentária, porta aberta para a frustração

A OMS recomenda um rácio de um médico dentista para 2000 habitantes e hoje em Portugal temos o racio de 1/900, ou seja, temos mais do dobro dos profissionais do que esta organização mundial recomenda.
Livros

Happy End para ‘As Gémeas Marotas’ /premium

228
O Observador está de parabéns! Não é todos os dias que uma crónica tem projeção internacional e consequências judiciais referidas por toda a imprensa nacional.
Politicamente Correto

Leonard Cohen e os novos puritanos /premium

326
É um mundo fragmentado e desolador, repleto de beatos e bufos. Todos sonham construir carreiras assim, a denunciar, a perseguir, a excomungar, a destruir quem calha e a propósito do que calha.
Alimentação

Portugal é Melting

O aspecto mais amorável, identitário e sensitivo em que esta descoberta se revela é na Mesa Portuguesa, onde a diversidade do que somos e a incrível biodiversidade do que temos se juntam de uma vez só
Espanha

A sentença catalã

Seja qual for a condenação, é evidente para quem acompanhou as sessões de julgamento que os acusados, após a suspensão das leis da desconexão, desobedeceram ao Tribunal Constitucional de Espanha.
Tecnologia

O caminho para a liderança digital

Quando o digital deixa de ser um canal, uma ferramenta de marketing, e passa a ser um verdadeiro facilitador de negócio permite abrir portas ao desenvolvimento de vantagens competitivas, entre outras
Cancro

Garantir a melhor terapêutica ao doente oncológico

Por forma a antecipar situações similares num futuro mais ou menos próximo, temos todos de agarrar a oportunidade de iniciar ou continuar uma discussão sobre os mais importantes desafios nesta área. 
Legislativas 2019

Os animais são de Esquerda ?

Na AR, com o PSD a concordância do PAN foi de 52%, com o CDS foi de 55% e com o PS de 60%. Já com o PCP, essa concordância foi de 68%, com o PEV de 72% e com o BE foram 74%. É elucidativo!
Lei Eleitoral

Lei eleitoral manda milhares de votos para o lixo

415
Em 2015, segundo Paulo de Morais, foram desperdiçados 509.467 votos – cerca de 10% dos votantes – que acabaram a beneficiar os maiores partidos. Dia 6, quantos serão?
Legislativas 2019

Ousar na escolha!

118
Queremos ou não queremos deixar de ser uma sociedade que vive refém das decisões dos outros? Queremos ou não que o nosso lugar seja considerado, que a nossa voz seja ouvida? Temos de nos envolver.
Legislativas 2019

Um deputado, só um, pode fazer a diferença?

103
Sim, se nunca se cansar de colocar duas singelas questões: “Quanto custa?” “Quem paga?” aos pensadores de mirabolantes soluções que, infelizmente para todos nós, têm inundado o nosso parlamento.
Legislativas 2019

O furacão perdeu intensidade /premium

114
Apelo a todos aqueles que se recusam a ser os carneiros pastoreados pelas avoilas e nogueiras e que se negam a tolerar os casos de amiguismo doentio e enquistado que o Governo do PS promove e encabeça
Legislativas 2019

Abram alas prá Catarina e pró André, ou o Jerónimo

1006
Para não abrir alas ao extremismo e ao disparate, há que ler e dar a conhecer, rejeitar e repudiar. Quem cala, consente. E não podemos consentir. Há mínimos de equilíbrio e de normalidade a garantir.
Legislativas 2019

Não adies Portugal

917
Quantas gerações mais terão de ser sacrificadas sob o pretexto do combate à pobreza e desigualdades, servindo o PS só para aceder ao aparelho do Estado e servir outros interesses que não os da Nação?
Legislativas 2019

Descomplicar Portugal

457
Uma auditoria realizada pela Inspeção Geral de Finanças, no ano passado, concluiu que o Estado não sabe quantos funcionários tem, quanto ganham ou quantas horas efetivamente trabalham.
Legislativas 2019

Eleições à sombra de Sócrates /premium

O voto táctico é limitar-se a minimizar os custos de nova «geringonça»; o voto estratégico é apostar desde já num jovem partido destinado a crescer no futuro e a fazer melhor do que aquela «esquerda».
Serviço Nacional de Saúde

As dificuldades de acesso aos cuidados de saúde

126
Acesso não se mede pelo tempo de espera por uma única intervenção seja uma consulta ou uma cirurgia. Em termos sistémicos, acesso é a garantia de obtenção de cuidados adequados e, por fim, consequente
Legislativas 2019

Justiça: parente pobre nos programas partidários

319
Da análise comparativa dos programas resulta claro que se persegue um processo de desjudicialização da justiça. Enfrentamos uma simplificação exagerada, que ameaça a defesa dos interesses dos cidadãos
Legislativas 2019

As causas do sucesso do PAN

359
O PAN quer o poder e não se importa de estar num governo PS - já o disse várias vezes. Agora para governar não basta querer é preciso saber. André Silva e António Costa sabem muito bem disso.
Legislativas 2019

Desejará António Costa uma maioria absoluta?

137
Serão a CDU e o Bloco "empecilhos" do PS na próxima legislatura ou um imprescindível seguro de saúde? Creio que o PS continuará a precisar dessas muletas para mascarar as suas debilidades governativas
Política

Por que não sou de direita?

163
A dicotomia esquerda-direita tem sido uma excelente bengala para manter o registo político a preto-e-branco, forçando um reducionismo da realidade que é bem mais complexa. Por isso pouco me interessa.
caderno de apontamentos

Para que serve a Educação Musical? /premium

A música não é, nem tem de ser, como a Matemática ou o Português nas escolas, e muito menos como disciplina de apoio às restantes. Ela vale por si só.
Eleições Legislativas

O desinteresse de Portugal por Portugal

131
O Portugal sem interesse do Estado Novo que apenas olhava para o seu “umbigo” tornou-se no Portugal sem interesse do século XXI, que apostou tudo no beco sem saída que é a União Europeia.
Legislativas 2019

Era Liberal e sabia

101
Os portugueses precisam de mais liberdade. Liberdade de escolha, liberdade de acção. A receita que, ao longo dos séculos, nos trouxe até aqui - o Estado no centro das nossas vidas - está esgotada.
Legislativas 2019

O primeiro-ministro do primeiro-ministro /premium

118
É este homem íntegro, incapaz, apesar da sua consabida habilidade, de qualquer jogo político que não se paute por uma incontida exigência moral, que agora vai a votos com a ambição de maioria absoluta
António Costa

A geringonça já era. O que é que vem aí? /premium

900
Costa já sabe duas coisas: que não vai ter maioria absoluta e que não quer governar pendurado no Bloco. Mas pode acontecer que a sua derrota seja de novo a sua vitória, permitindo-lhe governar com Rio
Legislativas 2019

Os sete pecados capitais (cada um a seu dono)

341
O povo vive numa espécie de morfina espiritual. Cai na apatia, na modorra, na letargia, na eterna procrastinação com um travo de autopiedade e pronto a aprimorar a crítica para os próximos quatro anos
Legislativas 2019

Eu voto PaF /premium

515
Onde os partidos à direita falharam, saibam os seus eleitores estar à altura: votando PSD, CDS ou Iniciativa Liberal, porque somente um projecto comum devolverá as maiorias parlamentares à direita.
Legislativas 2019

Os truques nas contas de Rui Rio

2935
Rio foi um autêntico predador do património do Porto, escondendo da cidade que vendeu tudo o que podia, aplicando a grande maioria da receita em despesa corrente e só marginalmente reduzindo a dívida.
Filantropia

Celebrar as fundações sem preconceitos ideológicos

Existem alguns sinais preocupantes, em Portugal e na Europa, com mudanças na paisagem política que encorajam sentimentos antifilantrópicos e contra as Fundações por razões de base meramente ideológica
Assalto em Tancos

Casos de justiça podem ser avaliados politicamente /premium

290
Não necessitamos de saber se Costa sabia ou não sabia das manigâncias de que Azeredo Lopes está acusado, porque já sabemos o suficiente para avaliar politicamente pois Azeredo foi uma escolha de Costa
Legislativas 2019

ADSE para todos, obrigatória! E livre!   /premium

154
Este modelo parece “esquisito”? Mas é o que existe na Holanda e funciona muito bem. Neste país, os subsistemas promovem e organizam a sua prática clínica mais barata e eficiente.
Legislativas 2019

No reino do papagaio-mor e da grã-toupeira /premium

186
Não me interessa tanto saber se vai haver maioria absoluta, ou não, estou é ansioso para ver qual é o próximo truque que António Costa vai fazer para garantir mais 4 anos de absoluto sossego como PM.
Legislativas 2015

Um Pirata chamado PAN

144
Todos os partidos têm uma agenda para o ambiente, a forma como a executam é que muda. Uns focam-se na formação e construção duma real consciência do problema, outros numa agenda coletivista e punitiva
Política

E Carlos Moedas? /premium

Vai ter um gabinete na Avenida de Berna no andar reservado aos administradores da Gulbenkian, enquanto a política espera. Ou ele por ela.
Maioria de Esquerda

O que fez a geringonça foi o pânico /premium

395
Se foi o pânico com o sucesso do governo de Passos Coelho que motivou a aliança social-comunista, o que é que vai estar por trás do próximo arranjo parlamentar?
PAN

Da insaciabilidade humana

104
O homem antropomorfiza tudo à sua volta. O mais recente exemplo disso é a extraordinária invenção de parques caninos, como se mesmo os cães sendo cães eles se tivessem tornado as nossas novas crianças
Política Económica

Não será possível governar como habitualmente /premium

149
Governar como habitualmente será mais difícil num regime de baixo crescimento ou recessão. Se o próximo primeiro-ministro tiver essa ‘arte’, Portugal continuará a aproximar-se mais da cauda da Europa.
Eleições Legislativas

Os professores e as eleições

219
Este não é o tempo para ideologias políticas de direita ou de esquerda, ou de ficar agarrado à cor do partido político em que sempre votaram. É tempo de repor a justiça e de reconquistar o respeito.
A página está a demorar muito tempo.