Maioria de Esquerda

Albarde-se pois o burro à vontade do dono /premium

Salazar é que entendeu bem os portugueses. Antes sopas e descanso do que riscos, reformas e imprevistos. Não devemos pois espantar-nos por o revolucionário Louçã se ter travestido no avozinho Louçã.

Orçamento do Estado

A política orçamental do colete-de-forças /premium

Os resultados orçamentais destes últimos anos têm sido um sucesso. Duradouro? Não parece. Pelo que se vai sabendo, seguimos uma política orçamental de colete-de-forças que um dia rebenta.

Crónica

As aventuras da coerência /premium

Até certa altura pensei que a chamada “esquerda” era depositária da tradição de liberdade e garantia da democracia. Mas uma observação das suas reacções políticas mostra algo diferente e inquietante.

Comentário Político

A indisposição conservadora

O conservadorismo não é apenas uma disposição, e o conservador não é um bem-disposto. O conservador só é eficaz se souber o que quer preservar.

Escultura

Chafes (Helena) Giacometti. A Gulbenkian em Paris /premium

Estão na Gulbenkian em Paris mas apesar dos seus nomes lado a lado, é um, Chafes, o vivo, que dá a ver o outro, Giacometti, o morto. O risco era imenso. Tão grande como o talento silencioso de Chafes.

Ucrânia

Mais umas eleições falsas em Donbas

A Rússia não quis a paz em 2014 e não quer em 2018. A realização destas eleições fraudulentas é um sinal claro de que a Rússia optou por prolongar o conflito durante mais anos sob o mesmo cenário.

PSD

Rui Rio desistiu

Diogo Prates

Já dizia Goethe: “nem todos os caminhos são para todos os caminhantes”. O futuro encarregar-se-á de mostrar se o caminho trilhado por Rio de submissão a Costa mesmo assim chega para ser apenas vice-PM

111
Política

A nova direita

Pedro Morais Vaz

O bicho papão que Passos e a Troika encarnavam tinha um prazo de validade, está fácil de ver que o próximo passo será fazer desta direita, ainda ontem ultraliberal, os fascistas do mundo contemporâneo

143
Fiscalidade

Apelo à emigração

José Avillez Ogando

Este convite aos particulares para abraçarem uma justiça privada confirma que enquanto se tem governado para ganhar eleições, têm-se degradado as mais essenciais funções do Estado, como os tribunais.

Política

Fascismo e salazarismo

Luís Campos e Cunha

Salazar não era revolucionário como o fascismo, era conservador. Era mesmo avesso ao progresso industrial, era reacionário, via a felicidade do povo na ruralidade: cada família com a sua junta de bois

1.650

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)