Cerca de 60 peças provenientes de vários países de África e da Ásia, doadas ao Museu Nacional de Etnologia pelo colecionador Francisco Capelo, vão estar reunidas numa exposição que é inaugurada hoje naquela instituição, em Lisboa.

“10 Anos Depois: Objetos de Outros Lugares. Doação Francisco Capelo” é o título desta exposição cuja inauguração, no Museu de Etnologia, está prevista para hoje, às 18h30.

Contactada pela agência Lusa, fonte do museu indicou que as peças – objetos de materiais e funções diversas, desde decorativa, ritual e utilitária – são uma doação feita este ano pelo colecionador Francisco Capelo.

O colecionador já doara anteriormente, ao Museu de Etnologia, máscaras e marionetas do Mali, mas estas peças pertencem a um universo diferente, bem delimitado geograficamente, segundo aquela entidade. Este conjunto agora doado reúne “objetos de origens e sentidos muito diversos” nas culturas que representam na África e na Ásia.

O colecionador Francisco Capelo reuniu, ao longo da vida, várias coleções de arte, design, moda e artefactos, nomeadamente marionetas e máscaras, que viria a vender, a doar ou a ceder em depósito. Algumas dessas coleções encontram-se atualmente, entre outros, no Museu do Design e da Moda (MUDE), no Museu da Marioneta e no Museu Coleção Berardo, em Lisboa.