Rádio Observador

Arquitetura

Carrilho da Graça vence prémio italiano de arquitetura Leon Battista Alberti

1.969

O arquiteto português João Luís Carrilho da Graça é o vencedor da primeira edição do prémio italiano de arquitetura Leon Battista Alberti, numa escolha feita por unanimidade, anunciou a organização.

Tiago Petinga/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O arquiteto português João Luís Carrilho da Graça é o vencedor da primeira edição do prémio italiano de arquitetura Leon Battista Alberti, numa escolha feita por unanimidade, anunciou este sábado a organização.

Instituído pela Fundação Leon — Centro de Estudos Battista Alberti e pelo Município de Mântua, em colaboração com o Polo de Mântua da Faculdade de Arquitetura, Urbanismo, Engenharia e Construção do Politécnico de Milão, o prémio, com o nome do arquiteto humanista italiano do século XV, destina-se a distinguir, todos os anos, “um arquiteto de renome internacional, cujo trabalho testemunhe o papel da arquitetura contemporânea na promoção do património histórico”, lê-se na página do prémio na Internet.

“Na primeira edição do prémio, o júri, composto por representantes da Escola de Arquitetura do Politécnico de Milão, da Fundação Alberti e da cidade de Mântua, indicou por unanimidade, como vencedor, o mestre português João Luís Carrilho da Graça, pelo mérito de estabelecer um diálogo de alto valor entre o antigo e o novo”, na arquitetura.

A Fundação Leon destaca o facto de Carrilho da Graça ter dado aulas, no âmbito do programa da Cátedra UNESCO, lançado em 2011, no ‘campus’ de Mântua do Politécnico de Milão.

Nascido em Portalegre há 65 anos, Carrilho da Graça, Prémio Pessoa em 2008, é autor, entre outros projetos, do Terminal de Cruzeiros de Lisboa, do Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, da Escola Superior de Comunicação Social, do Museu do Oriente, da musealização arqueológica da Praça Nova do Castelo de São Jorge e da Escola de Música da Escola Politécnica, na capital portuguesa.

Licenciado na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, em 1977, ano em que iniciou a atividade profissional, Carrilho da Graça foi professor da Faculdade de Arquitetura da então Universidade Técnica de Lisboa, de 1977 a 1992, catedrático da Universidade Autónoma, de 2001 a 2010, e da Universidade de Évora, desde 2005, onde dirigiu o Departamento de Arquitetura.

Foi por várias vezes nomeado para o prémio europeu de arquitetura Mies van der Rohe (1990, 1992, 1994, 1996, 2009, 2011, 2013), distinguido com o Prémio Valmor pelo Pavilhão do Conhecimento dos Mares (1998) e pela Escola Superior de Música de Lisboa (2008).

Ao conjunto da sua obra foram atribuídos os prémios como o da Associação Internacional dos Críticos de Arte (AICA), em 1992, a Ordem de Mérito da República Portuguesa (1999), o título de Cavaleiro das Artes e das Letras da República Francesa (2010) e a Medalha da Academia de Arquitetura de França (2012).

Carrilho da Graça será homenageado no encontro de arquitetura, paralelo à Feira do Livro de Guadalajara, no México, que se realiza de 24 de novembro a 02 de dezembro, com Portugal como país convidado.

Está também entre os candidatos à nomeação para o prémio europeu Mies van der Rohe 2019, pelo Terminal de Cruzeiros de Lisboa.

O Prémio Leon Battista Alberti será entregue a Carrilho da Graça na próxima quarta-feira, 14 de novembro, no Teatro Bibiena de Mântua, onde o arquiteto português irá proferir uma “aula magistral” (‘lectio magistralis’), apresentada pela reitora da Escola de Arquitetura do Politécnico de Milão.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Música

A extraordinária dupla vida de Margarida Falcão

Mafalda G. Moutinho

Deveríamos investir mais na cultura e nos artistas portugueses que carregam na alma das suas vozes, o sangue das nossas tradições, as ânsias das nossas gentes e a identidade das distintas gerações.

Cinema

Tu, a mim, não me tratas por tu! /premium

Laurinda Alves

“Campeões” é um filme imperdível pelo humor explosivo e pelo amor redentor. Não temos pena de ninguém, não achamos ninguém estranho, não temos rótulos para os personagens, rimos quando nos fazem rir.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)