Desta, ninguém estava à espera. Lembra-se de Thor, a personagem baseada no Deus do Trovão da mitologia nórdica e recentemente (re)interpretada no cinema pelo ator Chris Hemsworth? Pois bem, o super-herói da Marvel vai sofrer uma grande mudança e, a partir de outubro, vem a público na pele de uma mulher. Caso para dizer que é uma questão de girl power.

A gigante Marvel Comics vai alterar o trio de sucesso até então, que inclui o Capitão América, Iron Man e… Thor, este que abandona agora a clássica imagem, sem regresso anunciado, para dar lugar a um novo herói do sexo feminino.

“A inscrição no martelo de Thor [Mjölnir] diz ‘Quem segurar este martelo, se Ele for digno, possuirá o poder de Thor’. Pois bem, está na hora de a atualizar”, diz o editor da Marvel, Wil Moss. Em comunicado, acrescenta que a heroína em causa vai continuar a tradição no que a fortes personagens femininas diz respeito.

A nova banda desenhada vai ser ilustrada por Russell Dauterman e escrita por Jason Aron. Para o autor da história, não se trata de uma She-Thor, nem tão pouco de uma Lady Thor ou Thorita. “É THOR.”, diz. O certo é que a personagem, o oitavo título de uma protagonista feminina, não será semelhante a nada que tenhamos visto até então. A mudança, considerada uma das mais “chocantes” e “excitantes” de sempre pela própria Marvel, tem como objetivo cativar uma audiência muito específica: mulheres e meninas.

Por responder ficam algumas questões — Quem é a nova Thor, de onde veio e qual a sua ligação à mítica Asgard e ao universo da Marvel? –, cuja curiosidade só vai ser satisfeita no outono. Até lá, há quem se manifeste no Twitter com a hastag #shethor.

https://twitter.com/leekane9/status/489336083100864513

A personagem de Thor apareceu pela primeira vez em 1962 numa aventura da Marvel, Journey Into Mystery. Além disso, é a estrela de dois filmes de grande sucesso nas bilheteiras e desempenhou um papel fundamental na adaptação cinematográfica de Os Vingadores.