A UEFA decidiu esta sexta-feira o que fazer com o Sérvia-Albânia (14 de outubro), que acabou em confrontos e agressões de adeptos a jogadores depois da invasão de um drone: os albaneses perdem a partida por 3-0 e os sérvios perdem os três pontos que haviam acabado de angariar.

O Comité para o Controlo, Ética e Disciplina da UEFA decidiu anular a partida. A Albânia perde 3-0 e terá de pagar uma multa de 100 mil euros. A Sérvia terá a tal dedução de três pontos no Grupo I, o mesmo de Portugal, jogará os próximos dois jogos em casa sem o apoio do público e terá de pagar também 100 mil euros. A decisão do organismo europeu prevê recursos.

O tal drone que levou à violência no estádio sérvio levava uma bandeira albanesa num mapa do Kosovo. Mitrovic, um defesa que passou pelo Benfica (2013/14), agarrou a bandeira e o caldo entornou-se. Os jogadores albaneses não gostaram e tentaram resgatá-la, o que levou à invasão de adeptos sérvios, que chegaram a vias de facto com os jogadores rivais. Kolarov, defesa do Manchester City, tentou serenar os ânimos.

https://www.youtube.com/watch?v=zEj4jCdHCtk

Quem ganha com isto? Portugal. Depois de um arranque preocupante, a seleção lusa, agora com Fernando Santos, roubou três pontos a Dinamarca, Sérvia e Albânia, que vinha a registar uma caminhada surpreendente.

NOTÍCIA CORRIGIDA ÀS 15h30   A UEFA declarou a derrota da Albânia por 3-0, pelo que a Sérvia beneficiaria dos três pontos referentes à vitória, os tais que acabaram deduzidos nas contas do Grupo I. Na prática, o jogo foi anulado.