Primeiro foram os organizadores do festival de Coachella que anunciou: três dias de concertos, com dois nomes cada. No primeiro, Bob Dylan e Paul McCartney. No segundo, The Rolling Stones e Neil Young. No terceiro, The Who e Roger Waters. Todos quiseram acreditar mas todos ficaram com dúvidas. Pouco depois era o manager de Neil Young, Elliot Roberts, que confirmava o evento. Agora é Roger Daltrey que faz o mesmo. De acordo com o vocalista dos The Who, haverá festival entre 7 e 9 de outubro.

Numa entrevista ao grupo canadiano Postmedia Network, citada pelo Toronto Sun, Daltrey afirmou: “Parece-me que somos nós e o Roger Waters no mesmo dia. É uma ideia fantástica para um festival. São o que de melhor resta da nossa era”. Mas, ao mesmo tempo, o músico acredita que poderá haver dificuldades para conseguir bilhetes por parte dos fãs dos músicos em cartaz: “Espero que muitos dos fãs normais consigam bilhetes antes que desapareçam”. É provável que, a acontecer, o festival tenha bilhetes a preços raramente vistos. Mas também é muito provável que desapareçam rapidamente.

[os The Who ao vivo no Hyde Park, em Londres]

Com bases nas poucas informações que têm aparecido sobre o evento, tudo poderá acontecer no Empire Polo Club em Indio, na Califórnia, a uns 200 quilómetros de Los Angeles. E os concertos deverão acontecer como se se tratassem de atuações individuais de cada um dos músicos ou bandas, com as respetivas produções e alinhamentos.