A banda U2 adia, de novo, o lançamento do seu novo álbum devido à vitória de Trump. O álbum já está concluído mas os músicos estão a reconsiderar algumas músicas porque o “mundo é diferente agora”, de acordo com o resultado “surpreendente” que se verificou nas eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, dá conta a Rolling Stone.

Numa entrevista à Rolling Stone, o guitarrista da banda, The Edge, afirmou que a banda está a ponderar o lançamento do álbum e que precisa de “tempo para respirar” e considerar a mensagem que querem passar, através da sua música, após a entrada de Donald Trump na Casa Branca. Os artistas querem verificar se a sua mensagem está, de facto, em conformidade com o que se está a passar no mundo.

O guitarrista afirmou ainda que o disco era para sair no final do ano passado e que, para mais, estava praticamente todo escrito desde o início de 2016. Mas, afirmou em entrevista, “temos que concordar que o mundo, agora, é um lugar diferente”. O músico afirmou ainda que, se necessário, a banda vai escrever (ou reescrever) músicas.