Há pelo menos duas boas razões para o vídeo publicado pela Nimuno ter conquistado quase 900 mil visualizações em duas semanas. A primeira: é o regresso à infância para muitos adultos que gostavam de brincar com LEGOS e construir as casas mais altas (e instáveis) do mundo. A segunda: pode ser um bom motivo para o seu filho deixar de pintar as paredes da sala com as canetas de feltro. É que a Nimuno criou uma fita adesiva com saliências compatíveis com as peças LEGO que pode ser colada em qualquer superfície. E, de repente, a sua casa pode ser transformada num autêntico parque de diversões.

Embora não seja um produto oficial da marca de brinquedos, a fita da Nimuno é feita de plástico de várias cores e pode ser colocada em qualquer lado. Por ter fita adesiva num dos lados e por ser flexível, a faixa pode ser colada nas paredes, nos brinquedos e até no corpo humano. De um momento para o outro, os seus móveis serão transformados em parques e o chão num caminho onde os produtos LEGO podem vaguear.

Mas a fita Nimuno ainda não está à venda. Anine Kirsten e Max Basler, que criaram a empresa Team Nimuno, recorreram a uma campanha de crowdfunding no IndieGogo para recolher dinheiro suficiente para lançar o produto no mercado: até agora já amealharam mais de 10.500 euros, três mil euros acima do que era inicialmente pedido. A expetativa agora é levar o produto para as bancas. Mas só se a LEGO deixar.

Em entrevista à Trendy, a LEGO felicita a ideia dos criadores Nimuno e diz dar “as boas vindas a toda a todas as marcas que sejam competição justa, pois é sempre bom para nós e para os nossos clientes”. No entanto, há questões de direitos intelectuais envolvidos: “Tomamos as medidas que foram necessárias para que os clientes nunca tenham dúvidas quando compram os nossos produtos, que seguem todas as normas de qualidade e segurança, em oposição aos de outros fabricantes”.