A rainha da soul Aretha Franklin está “gravemente doente”. A norte-americana de 76 anos encontra-se rodeada de familiares e amigos, em Detroit, Michigan, Estados Unidos, lê-se no Evening Standard.

A cantora encontra-se em Detroit e a família pede “orações e privacidade”. “Aretha está rodeada de família e pessoas próximas. Fará tanta falta enquanto mãe, irmã, amiga, prima. Mas o seu legado é maior que a vida”, escreveu o jornalista Roger Friedman na sua coluna Showbiz 411.

Em 2010, a cantora cancelou vários concertos depois de ter sido submetida a uma cirurgia para retirar um tumor. Na altura, Franklin disse que essa operação lhe ia dar “mais 15 a 20 anos de vida”.

[A música “Respect” foi lançada como single em 1967 pela cantora]

Recentemente, antes do seu aniversário, em março, o médico da artista já tinha dado algumas indicações para que repousasse. “O médico determinou que ela se deve manter afastada dos espetáculos e descansar, pelo menos, nos próximos meses”, pode ler-se no Evening Standard.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O último concerto da artista decorreu em novembro do ano passado e, desde essa altura nunca mais esteve em palco. “Foi um espetáculo milagroso uma vez que Aretha já estava a lutar contra a exaustão e desidratação”, escreveu Friedman. Neste último espetáculo foi aclamada como “a maior cantora de todos os tempos”.