Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O cantor e compositor brasileiro Toninho Geraes está a acusar Adele e o seu produtor musical Greg Kurstin de plágio da melodia de “Mulheres”, canção gravada por Martinho da Vila em 1995, que compra com música de Adele “Million Years ago”, do álbum “25”, lançado em 2015.

Segundo o El País, Adele teve de “silenciar os comentários dos fãs nas suas redes sociais depois dos brasileiros lhe enviarem uma avalanche de mensagens nas suas publicações e transmissões em direto exigindo que respondesse às acusações de plágio. Fredímio Biasotto Trotta é advogado de Toninho Geraes, trabalha há 30 anos nesta área e é ele próprio músico. Afirma que em fevereiro deste ano enviou notificações extrajudiciais a Adele, a Greg Kurstin, à discográfica britânica XL Recording e à Sony Music.

A Sony já emitiu um comunicado no qual se desmarca do caso, uma vez que era apenas distribuidora do single no Brasil e o contrato já acabou, e afirma que o assunto está agora nas mãos da XL Recordings e da própria Adele, resume o jornal espanhol. A XL Recording ainda não comentou, nem tão pouco os dois visados.

Esta acusação surge numa altura em que se antecipa o lançamento do novo e quarto disco de Adele, de nome “30”, depois de um intervalo de seis anos. O lançamento está previsto para 19 de novembro, mas o primeiro single já toca: “Easy on me”.

Adele revela canção nova. Novo disco sai daqui a um mês

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Toninho Geraes é compositor e já escreveu para Zeca Pagodinho, Diogo Nogueira ou Martinho da Vila, entre outros músicos. Segundo a BBC News Brasil, uma perícia concluiu que a música de Adele copia quase 88% da melodia de “Mulheres” e se continuar sem respostas, o compositor brasileiro quer levar o caso à justiça. O advogado não revela o valor da indemnização que pede, contudo afirma que o compositor apenas quer que o seu nome conste nos créditos da composição da música “Million years ago”.

Compare os dois temas:

A música “Million years ago, de Adele”, parece soar familiar a diferentes ouvidos, porque já esteve envolvida em acusações de plágio antes. Já em 2015, ano do lançamento da música e do álbum onde esta se inclui, o Daily Mail noticiou que os fãs de música turca encontraram demasiadas semelhanças entre a música da cantora inglesa e o tema “Acilara Tutunmak”, de 1985 e do músico Ahmet Kaya.