Os brasileiros investiram 47,59 milhões de euros em Portugal entre 2013 e 2014 e tornaram-se na segunda nacionalidade com mais vistos Gold, com 53 autorizações de residência especial, segundo um comunicado do Consulado de Portugal em São Paulo.

O Brasil só fica atrás da China: no mesmo período, os asiáticos obtiveram 1.249 vistos Gold. Em terceiro lugar, com empate, surgem os russos, que também conseguiram 53 autorizações. Seguem-lhes os nacionais de África do Sul (40), Líbano (30) e Angola (23).

A Autorização de Residência Especial para Investimentos (ARI), ou visto Gold, entrou em vigor no dia 8 de outubro de 2012, com o intuito de atrair para Portugal investimentos de fora da União Europeia.

Os investimentos de brasileiros mais que duplicaram de 2013 para 2014, passando de 14,91 milhões de euros para 32,68 milhões de euros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Queremos promover o crescimento económico através de investimento estrangeiro qualificado e diferenciado. Para isso, uma das estratégias é incentivar a internacionalização de empresas brasileiras ou a aquisição de imóveis por brasileiros que gostariam de ter uma presença em Portugal, país que agora estão, de certa forma, redescobrindo”, afirmou o cônsul-geral de Portugal em São Paulo, Paulo Lourenço, num comunicado.

Em dois anos de ARI, a captação de investimentos em Portugal ultrapassou os mil milhões de euros.