A atriz já premiada com um Óscar, Renée Zellweger, respondeu finalmente às muitas especulações que foram feitas em torno da sua imagem. Em exclusivo à revista People, disse que o burburinho que se gerou é “tonto” e que estavam a ser ditas inverdades, razão pela que optou por esclarecer os mais curiosos. Ao contrário das dúvidas que tomaram conta da internet esta terça-feira e que apontavam para cirurgias plásticas — depois de Zellweger ter sido vista num evento promovido pela revista Elle com um rosto (quase) irreconhecível –, a nova aparência deve-se a um estilo de vida “feliz e saudável”, diz a própria.

“Fico orgulhosa por pensarem que estou diferente”, disse à revista People. “Estou a viver uma vida diferente, feliz, mais realizada. (…) Os meus amigos dizem que pareço mais em paz. Estou saudável”. Zellweger explicou ainda que durante muito tempo não tomou conta de si mesma, em parte devido à carga de trabalho: “Em vez de parar e recuperar, continuei a correr até estar esgotada e fiz más escolhas sobre como esconder essa exaustão. Eu tinha consciência do caos e finalmente escolhi fazer coisas diferentes”.

Apesar de muitas pessoas não reconhecerem a atriz com facilidade, a publicação norte-americana escreve que esta está confortável com a sua imagem e sente-se bem na própria pele. “Há algum tempo que as pessoas não me conhecem como sendo saudável. (…) Talvez eu pareça diferente. Quem não parece à medida que vai envelhecendo? Mas estou diferente. Estou feliz.”

Entre os comentários que se fizeram notar, destaque para os que ligam a nova aparência da atriz ao peso das exigências que a indústria de Hollywood tem na vida pessoal e profissional destas mulheres. No entanto, o debate pode estar longe do fim: tanto o Guardian como a Time alegam que não há nada de errado com a cara da estrela, mas sim com o público em geral, questionando ideias como o facto de o corpo de uma celebridade ser encarado como “propriedade coletiva”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Aos 45 anos, Zellweger ficou famosa graças aos papéis desempenhados em Jerry Maguire — quem não se lembra da frase “You had me at Hello”? –, Chicago e, claro, O Diário de Bridget Jones, para o qual chegou a engordar entre 10 e 13 quilos. Rennée ganhou ainda um Óscar de melhor atriz secundária pela interpretação na película Cold Mountain. O próximo trabalho está previsto chegar ao grande ecrã em 2015: falamos do drama The Whole Truth.