O guarda-redes Beto e o avançado Cristiano Ronaldo são os dois únicos futebolistas portugueses entre os 40 nomeados para a equipa do ano da UEFA, que vai ser escolhida pelos adeptos.

Cristiano Ronaldo sagrou-se campeão europeu com o Real Madrid, numa época em que bateu o recorde de golos numa só edição da Liga dos Campeões, ao marcar 17 vezes. Beto foi decisivo na conquista da Liga Europa pelo Sevilha, em especial na final contra o Benfica, na qual defendeu três pontapés no desempate por grandes penalidades. Ronaldo já foi eleito oito vezes nomeado para o “onze” da UEFA, as últimas sete de forma consecutiva, depois de ter estado pela primeira vez na equipa em 2004.

Além do avançado do Real Madrid, também o treinador José Mourinho (2003, 2004 e 2005), Ricardo Carvalho (2004), Maniche (2004), Paulo Ferreira (2003) e Luís Figo (2003) estiveram em equipas da UEFA, que começou a ser escolhida em 2001.

Entre os nomeados está também o argentino Ezequiel Garay, que deixou no início desta temporada o Benfica para alinhar pelo Zenit, assim como o seu compatriota Angel di María (ex-Benfica) e o colombiano James Rodríguez (ex-FC Porto). Os adeptos podem escolher até 6 de janeiro na equipa do ano da UEFA, numa votação feita na página oficial do organismo.