Quase três mil retweets e 2644 gostos. Foi este o balanço da fotografia partilhada pelo fotojornalista do As Miguel Morenatti no Twitter que suscitou o debate. “Se esta foto é 100% real como assegura o seu autor, Andrew Thomas, é a melhor foto de Time Square que já vi”, escreveu Morenatti. A história é do El País.

As dúvidas prenderam-se com a proximidade dos edifícios e também com a baixa altitude do avião na imagem. Depois surgiu o debate, e as explicações de alguns entendidos, que chegaram a dizer que, na rota de descida, os aviões atravessam o centro de Manhattan. Houve até outro senhor, que pelo nome até parece ser português, que foi buscar uma imagem do FlightRadar24, que permite observar em tempo real a rota e velocidade dos aviões. Manuel Silveira comprovou que o “pássaro” voava a menos de 300 metros de altitude de Nova Iorque. Mas isso não chegava para provar nada ainda.

https://twitter.com/MaSilveira1/status/593068478984286211

O El País decidiu então falar com o autor da fotografia e… concluiu que foi manipulada. “[Foi tirada] com uma objetiva de nove milímetros e um recorte em forma de quadrado. O avião foi adicionado como parte de uma competição contra uns amigos, em que usámos a hashtag #putaplaneonit [coloca um avião]. As pessoas viram a imagem e gostaram e partilharam-na. Não lhe chamaria uma imagem photoshopeada. Chamaria uma fotografia manipulada”, disse Andrew Thomas.