Já se passaram 26 temporadas e ainda há um par de questões não resolvidas sobre os Simpsons, que servem de tema para teorias e discussões entre os seguidores da animação. Uma das mais comentadas diz respeito ao custo de vida na cidade fictícia de Springfield, onde vivem Homer e a sua família. Quanto ganha ele como inspetor de segurança da Central Nuclear? Seria suficiente para manter o padrão de vida das personagens?

O site Fat Wallet decidiu deitar lenha na fogueira e calculou qual seria o custo de vida na cidade de Springfield a partir do valor equivalente em outras cinco localidades homónimas nos Estados Unidos, situadas nos estados de Oregon, Illinois, Missouri, Ohio e Massachusetts. O estudo tomou como base o salário na central nuclear mais próxima e estimou alguns outros custos, como o valor de permanência num lar de idosos, como aquele onde vive Abe Simpson, o valor de uma mansão semelhante à do Sr. Burns e o custo da gasolina a partir da distância entre a casa da família Simpson e o seu local de trabalho.

A conclusão é que apenas as cidades de Springfield no Illinois e Ohio poderiam ser as que mais se aproximam do padrão de vida na cidade dos Simpsons. O motivo? Nas outras cidades homónimas incluídas no estudo, o gasto com combustível, apenas na deslocação de Homer para a central nuclear mais próxima, equivaleria a um valor anual entre 6.600 e 8.975 euros.

Em Illinois, o salário de Homer seria de 43.916 dólares e o custo da gasolina seria de 67,18 euros ao ano para uma viagem de 4,18 quilómetros de ida e volta à central nuclear. A casa de Homer valeria 99.892 euros no mercado imobiliário, enquanto a mansão do Sr. Burns valeria 1.105.000 euros. O lar de idosos onde vive Abe Simpson teria um custo de 38.892 euros por ano ao bolso da família.

Em comparação com as outras cidades incluídas no estudo, Homer receberia o maior salário na cidade de Springfield, no Massachusetts, (52.393 euros/ano). Já a sua casa estaria mais valorizada no Oregon, enquanto o Sr. Burns receberia mais pela sua mansão caso vivesse no Missouri (1.586.780 euros).

Para ir para o trabalho, Homer gastaria 8.975 euros ao mês no Oregon — num ano, teria de percorrer mais de mil km entre casa e a central nuclear — e teria que desembolsar 108.414 euros ao ano pela permanência de Abe Simpson no lar de idosos.

O resultado completo do estudo pode ser visto abaixo:

Oregon Illinois Missouri Ohio Massachusetts
Salário de Homer 45.565 43.916 44.101 48.414 52.393
Valor da casa de Homer 161.330 99.892 101.572 57.460 99.804
Custo da gasolina 8.975 67,18 592,28 118,46 6.600
Custo da mansão do Sr. Burns 508.300 1.105.000 1.586.780 553.384 857.480
Custo para manter Abe Simpson num lar de idosos 82.440 38.892 23.868 37.234 108.414

O Fat Wallet também estimou qual seria a fatura anual de supermercado da família Simpson baseada nas compras de Marge: 15.541 euros. E quanto dinheiro Homer gasta anualmente na taberna do Moe a tomar a cerveja? 2.070 euros.