Zola Jesus é o nome artistico de Nika Roza Danilova, artista e produtora norte-americana de ascendência russa. Está em Portugal para apresentar o último Taiga, um disco muito bem recebido pela crítica. Atua esta terça-feira no Musicbox em Lisboa (22h, 15€).

Na quarta-feira, o fadista Camané segue a digressão de Infinito Presente com uma apresentação em Coimbra, no Teatro Académico Gil Vicente (21h30, 15€).

Também no dia 4, a cabo-verdiana Mayra Andrade sobe ao palco do Coliseu do Porto, no âmbito do Misty Fest. Quinta-feira é a vez do CCB em Lisboa e no dia 7 do CAE da Figueira da Foz. Os espetáculos começam às 21h30, com preços entre os 15 e os 40€. Estas três atuações contam com a presença de dois convidados especiais: Sara Tavares e Pedro Moutinho.

Na quinta-feira, dia 5, Márcia apresenta o último Quarto Crescente no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria (21h30, 10€).

No mesmo dia, a Casa da Música, no Porto, recebe o concerto único dos austríacos Sofa Surfers. No centro da atuação está o novo álbum Scrambles, Anthems and Odysseys, publicado no mês passado (22h, 15€). A componente visual será assegurada pelo fotógrafo e realizador alemão Timo Novotny.

Rui Veloso comemora este ano 35 anos de carreira, um número redondo de um artista incontornável na história do pop/rock português, que merece uma atuação num palco grande. O evento único decorre na sexta-feira, dia 6, no MEO Arena, em Lisboa (21h30, bilhetes entre 22 e 55€).

Esta sexta-feira, os Balla (projeto de Armando Teixeira) fazem o concerto de lançamento de Arqueologia, o novo álbum lançado esta semana. O palco será o Musicbox em Lisboa, os bilhetes podem ser adquiridos em duas versões: uma simples, por 7€, ou através de um pack bilhete + CD/Livro por 20€. Considerando a qualidade do formato físico deste disco, a segunda opção vale bem a pena. Uma semana mais tarde (a 13 de novembro), será a vez do Sandhouse, no Porto. Início dos espetáculos: 23h.

Dia 6, às 21h30, no grande auditório da Culturgest, em Lisboa, uma voz única e um dos melhores pianistas portugueses vão viajar por 20 anos de amizade e colaboração artística. Maria João e Mário Laginha atuam no âmbito dos 40 anos do Provedor de Justiça, os bilhetes custam 5€ para desempregados e jovens até aos 30 anos, e 10€ para o restante público.

Ainda no âmbito do Misty Fest: os Dead Combo atuam no CCB em Lisboa num formato especial, com um trio de cordas chamado As Cordas da Má Fama. Sexta-feira, dia 6, às 21h, bilhetes entre os 20 e os 40€.

No mesmo dia, Mísia passa por Aveiro — Teatro Aveirense (21h30, entre 12 e 20€) — e o maestro Rui Massena veste o papel de músico e sobe ao Teatro Municipal de Vila do Conde (21h30, 25€).

O Misty Fest traz ainda este ano a Portugal o músico brasileiro Lenine, dia 7 às 21h no CCB, em Lisboa (entre 15 e 40€) e no dia 10 na Casa da Música, no Porto. As três datas para The Cinematic Orchestra (Braga, Lisboa e Porto) estão esgotadas.

Mais três sublinhados para sábado, dia 7: os Salto vão estar na Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande (21h30, 8€); Mazgani atua no Cineteatro Louletano, em Loulé (21h30, 10€); Nuno Prata, o ex-baixista dos Ornatos Violeta, apresenta-se no Auditório de Espinho (21h30, 5€).