O camaleão morreu. E os jornais trataram de o imortalizar nas primeiras páginas desta terça-feira. Umas são mais criativas, outras silenciosas, há ainda aquelas que se agarram às letras e músicas de David Bowie, mas uma coisa é certa: quase todas merecem alguns segundos de atenção.

David Bowie não resistiu a um cancro que o afetava há 18 meses e morreu dois dias depois de celebrar o 69.º aniversário e de lançar o último álbum, “Blackstar”.