Bochechas maquilhadas, lábios bem vermelhos ou saltos altos. O look era facilmente adotado por David Bowie — camaleão na música e camaleão nas roupas, na maquilhagem, na exploração do género. Desde segunda-feira que o mundo chora a morte do artista que deixa um legado além da música.

Bowie ajudou a comunidade LGBTI e quebrou barreiras com a “excentricidade” adotada em videoclips e em concertos. A orientação sexual de Bowie era tão fluida quanto a sua expressão de género, destaca a Vox. Em 1972 dizia ser homossexual, em 1976 assumiu-se bissexual mas anos depois definiu-se como um “heterossexual no armário”.

O cantor de 69 anos era uma personagem andrógina, ou seja, misturava características do género masculino e género feminino e, por vezes, não se encaixava em nenhum deles. O próprio falou sobre esta multiplicidade de expressões à Interview, em 1990. Dizia Bowie:

“1961 foi o ano em que comecei mesmo a gostar de roupas. Aos 15 comecei a copiar o estilo de um tipo que costumava apanhar o comboio comigo em Londres. Chamava-se Leslie, penso eu. Era muito moderno. Usava casacos italianos com calças brancas de linho. Era tão fixe! Usava umas botas Chelsea com meias cor-de-rosa ou verdes fluorescentes e sombra nos olhos que combinava com as meias que ele estava a usar nesse dia. Ele tinha um ar forte, pesado, mas tinha maquilhagem nos olhos! Pensei: eu gosto daquilo — nem é uma coisa nem é outra. Eu sinto aquilo”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Como lembra o Mic, Bowie usava frequentemente eyeliner e gloss nos lábios durante a sua fase rock. As bochechas tinham apontamentos de blush rosa e as sobrancelhas estavam maquilhadas com um lápis. Resumindo, diz a Dazed, Bowie assumiu uma atitude “who cares?” (” e então?”)

A moda também beneficiou da ousadia de David Bowie. Karl Lagerfeld, o senhor Chanel, disse à Associated Press que Bowie era “um grande artista e um ícone eterno da moda que fica como uma referência”. Desde ontem são muitos os que partilham o legado de Bowie na aceitação do corpo, da orientação sexual, da identidade de género ou da indefinição.

https://twitter.com/TravelingAnna/status/686539740749938688

https://twitter.com/floppycurls/status/686474172084559872