O Comité de Apelação da Federação Internacional de Futebol (FIFA) vai manter as sanções ao Real Madrid e ao Atlético de Madrid por assinatura de contratos com futebolistas menores, impossibilitados de entrar no mercado de transferências. O Atlético de Madrid terá de pagar 900 mil francos suíços de multa, enquanto o Real Madrid terá de desembolsar 360 mil francos suíços, diz o El País.

Mas ainda há esperança para os dois clubes madrilenos: o recurso pode agora avançar para o Tribunal Arbitral do Desporto, que tem sempre a última palavra. Caso o juiz dê razão ao Real Madrid e ao Atlético, ambos ficam isentos de multa. Mas se o tribunal defender a posição da FIFA, nenhum dos clubes poderá assinar novos contratos até 2018.