O britânico Elton John regressa hoje a Portugal para um concerto no MEO Arena, em Lisboa, integrado na digressão do seu mais recente álbum de originais, Wonderful Crazy Night, o 32.º de estúdio, na carreira do músico.

O concerto tem início marcado para as 21:00, e realiza-se cerca de cinco meses depois da atuação do artista, de 69 anos, no festival Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, onde atuou munido de uma bandeira portuguesa, assinalando a vitória de Portugal no campeonato europeu de futebol, poucos dias antes.

“É a primeira vez que estou a atuar nesta cidade. Agradeço-vos a receção e o entusiasmo”, disse o músico ao público do Festival MEO Marés Vivas, na noite de 14 de julho.

Elton John já atuara antes em Lisboa, nomeadamente em 2009, na mesma sala de hoje, o então Pavilhão Atlântico, que também esgotou, e foi um dos cabeças de cartaz no Rock in Rio Lisboa, em 2010.

Em 2000, esteve prevista a sua atuação no Casino Estoril, mas o músico não chegou a subir ao palco.

O primeiro concerto de Elton John em Portugal remonta à primeira edição do Festival de Vilar de Mouros, em 1971.

Elton John iniciou a carreira em 1969, altura em que lançou o disco Empty Sky, e nestes quase 50 anos de carreira soma mais de 4.000 concertos, em perto de 80 países, e ultrapassou os 250 milhões de exemplares vendidos dos seus discos, de acordo com os dados avançados pelos promotores do espetáculo, a Ritmos e Blues.

É autor de canções de sucesso como “Candle in the Wind”, o single mais vendido de sempre, nas contas do Guiness, “Your Song”, “Can You Feel the Love Tonight” e “Rocketman”.

Goodbye Yellow Brick Road (1973), Ice on Fire (1985), Sleeping with the Past (1989), The Big Picture (1997), Songs from the West Coast (2001) e The Captain & the Kid (2006) são alguns dos discos mais premiados do músico britânico.

O álbum Wonderful Crazy Night sucede a The Diving Board, editado em 2013.